Artigos

O impacto da IA nas ferramentas de e-mail marketing

Imagem: Janela com vista para prédios e led escrito"data has a better idea". ferramentas de e-mail marketing.

Embora surja na ponta dos lábios do mundo inteiro hoje em dia, o tema da Inteligência Artificial já é antigo e foi utilizado pela primeira vez em meados do século passado. Desde aí, algumas expectativas relativas às possibilidades deste campo inovador foram cumpridas. Outras acabaram por não se realizar. Muitas foram superadas.

Na altura em que o termo foi cunhado, poucos ousaram pensar que a Internet iria adquirir tamanha importância, ou sequer que alguma vez poderia ganhar contornos de realidade. Também é verdade que, na época, o imaginário coletivo estava mais debruçado sobre outros campos, como a exploração espacial, e que a ascensão do “poder” digital é muitas vezes hoje visto como um improviso da História.

Com um potencial imenso e de aplicação diversa, neste artigo vamos abordar a forma como a IA foi explorada pelas ferramentas de e-mail marketing. Mais concretamente, nas últimas duas décadas, altura em que estas elevaram o seu nível de eficácia graças à segmentação de contatos e automatização das campanhas.

Ambos os fatores influenciaram de sobremaneira os resultados das campanhas de e-mail marketing, salvando-o do risco de perder relevância através da optimização dos seus processos.

 

Segmentação dos contactos numa ferramenta de e-mail marketing

O desenvolvimento da IA mudou as regras do jogo. A sua aplicação nestes meandros contribuiu para uma melhor user experience, bem como para uma interpretação mais certeira e exaustiva dos dados da parte das empresas.

Um melhor aproveitamento das possibilidades inerentes à exploração de uma base de dados resulta num aumento de taxas de conversão e rentabilidade. Convém lembrar que a segmentação dos contactos não é só possível através dos dados providenciados no momento da subscrição, mas também graças ao historial de navegação.

Ao sermos capazes de definir os gostos particulares de cada qual, então os moldes de uma campanha genérica tornam-se adaptáveis consoante as características individuais de cada alvo. Outras funcionalidades, como o Heatpmap, que permitem verificar quais as áreas que geram maior interesse num e-mail, também podem contribuir para uma melhor compreensão do seu público-alvo.

 

Uma melhor user experience

A melhor forma de garantir bons resultados ao nível da user experience é assegurar-se de que o conteúdo oferecido é sempre relevante. E isso é possível através da personalização do contacto com os seus clientes.

Vamos supor que você gere um negócio de e-commerce focado na venda de computadores e outros dispositivos tecnológicos. O cliente X já comprou os dois últimos modelos da marca Y, e esta acabou de divulgar o lançamento do novo tablet Z. A concorrência não ficou atrás e estreou a sua novidade em simultâneo.

Uma ferramenta de e-mail marketing sofisticada permite-lhe moldar uma campanha especialmente dirigida ao cliente X, tendo por base o fato de este ser um fã de longa data da marca Y, bem como o seu historial de pesquisa recente apontar para um eventual interesse na aquisição de um tablet.

Para além do mais, também lhe permite personalizar o trato no e-mail que lhe é enviado. Desta forma, aumenta a probabilidade de o cliente X considerar os e-mails que lhe foram enviados relevantes e adequados aos seus interesses e necessidades mais prementes, anotando e valorizando o fato, mesmo que no final a compra nem seja consumada.

 

Automatização das campanhas e envio preditivo

Uma das grandes vantagens que a introdução da Inteligência Artificial trouxe passa pela redução do tempo gasto em tarefas mecânicas e morosas. O seu objetivo central passa mais por nos poupar do trabalho repetitivo e infindável do que em substituir-nos nas tarefas que requerem os chamados “talentos” humanos, tais como capacidade de decisão, improviso e criatividade.

Isto apesar de, recentemente, os exploradores de vanguarda neste campo terem demonstrado que as máquinas também são capazes de redigir um texto original, em vez de se terem que cingir unicamente à sua tradução.

Quando aplicada às ferramentas de e-mail marketing, os resultados são interessantes na medida em que as sequências automatizadas permitem a simplificação de inúmeros processos, com uma altíssima redução da margem de erro. Fica a seu cargo a pré-configuração dessas sequências: lembretes de carrinhos abandonados, mensagens de boas-vindas, de parabéns, e-mails transacionais, etc. Depois dessa primeira fase, a sua ferramenta de e-mail marketing tratará do resto com um elevado grau de autonomia.

Agora imagine que essas ferramentas de e-mail marketing é capaz de calibrar o intervalo que separa o envio do seu correio, de acordo com a geolocalização e as características de cada destinatário em particular. Dessa forma, evita cometer o erro de enviar correio demasiado abundante ou demasiado escasso, circunstâncias que aumentam a probabilidade de cancelamento da subscrição, ou de esquecimento.

Todos estes fatores contribuem para a otimização dos seus seus resultados: um aumento do ROI e dos níveis alcançados em métricas essenciais, como a taxa de clique e de abertura.

Duarte Queiros

profissional de marketing em Mailify. Escritor e tradutor.

Comentários

PUBLICIDADE