Artigos

Mkt de conteúdo: por que sua empresa precisa de um blog?

Desde 2009, quando comecei a trabalhar com marketing digital e redes sociais, uma das primeiras estratégias que recomendo aos meus clientes e parceiros é: tenha um blog.

Quase todos ficam assustados com a ideia, por acharem que não têm conteúdo suficiente para alimentar um blog, pelo grande trabalho que é gerar conteúdo com frequência, por medo do que será escrito ali, por não ser barato gerar conteúdo de qualidade ou por não enxergarem o valor e o retorno que ter um blog pode gerar para a empresa.

Realmente, alimentar um blog não é fácil. Mas com um bom planejamento de pauta, pesquisas de assuntos e análise de temas que podem ser relacionados a empresa e seus produtos e que sejam de interesse de seu público, ter um blog deixa de ser um bicho de sete cabeças. Criar processos é essencial para conseguir manter um blog em movimento.

Manter um blog também não é barato, mas pode ser um dos investimentos mais valiosos que uma empresa irá fazer. Isso porque um blog, quando administrado e alimentado de forma estratégica, tendo em mente os resultados que se pretende alcançar, torna-se um ativo da empresa, trazendo resultados imediatos e no futuro.

O conteúdo postado em um blog e indexado pelo Google pode aparecer entre os resultados de busca por tempo ilimitado se tiver relevância. Aliás, esse é um dos motivos pelo qual é recomendável que o blog esteja sempre dentro do site da empresa. O conteúdo atualizado e escrito de forma inteligente pode ajudar na estratégia de SEO. Além disso, os posts podem ser compartilhados por pessoas nas redes sociais, trazendo cada vez mais interessados para o blog e, consequentemente, para o site da empresa.

Blog é dinheiro

Então por que muitas empresas que já têm blog ainda acham que ele não dá retorno? Provavelmente porque estão esquecendo de alguns detalhes que fazem toda a diferença entre um blog que gera resultado e um que é apenas uma perda de tempo e dinheiro.

Existem, hoje, muitas pessoas que ganham um bom dinheiro apenas criando e alimentando blogs. E não estou falando de blogueiras de moda famosas que recebem cachês de 5 dígitos para aparecerem em eventos. São pessoas comuns, que escolheram um assunto de que gostam, passaram a escrever sobre ele e obtêm retorno por meio de programas de afiliados, venda de espaços de mídia, captação de cadastros, entre outras formas de monetização. Se pessoas comuns conseguem ganhar dinheiro com isso, por que muitas empresas ainda não conseguem ver os resultados?

Transformando leitores em compradores

Em primeiro lugar, ao planejar o conteúdo de um blog, é preciso, claro, pensar em que o público quer ler. Mas não é qualquer público, é o público alvo da empresa. Quais assuntos são interessantes para seus os clientes e prospects mas também têm relação com a empresa, com seus produtos e com o que ela quer vender? Que tipo de informação eles procuram quando querem comprar seu produto? Que tipo de conteúdo a empresa pode oferecer para agregar valor ao seu negócio?

Depois disso, o mais importante é fazer uma ligação direta entre esses assuntos e a empresa, seus produtos ou serviços. Parece óbvio, mas isso acaba sendo deixado de lado por muitas empresas que decidem gerar conteúdo para um blog. Ao escrever um post, é preciso pensar em como inserir no texto o que a empresa tem a oferecer, incluindo desde informações que mostrem diferenciais de produtos e serviços, colocando-a como especialista no assunto, até links que levem diretamente para páginas de venda de produtos (no caso de um e-commerce), dados de contato, mapas que mostrem onde encontrar sua filial mais próxima, páginas de cadastro ou qualquer outra coisa que encaminhe uma pessoa que acessou o blog por interesse no assunto de um post a tornar-se um prospect ou um cliente.

Se esse caminho não for muito bem definido, se o blog não pega o visitante pela mão e o guia até um possível fechamento de negócio por meio do conteúdo, a empresa realmente está apenas desperdiçando um valioso espaço de geração de negócios.

A estrutura do blog é importante

Assim como aproveitar os próprios posts para transformar leitores em clientes, é importante preocupar-se também com a estrutura do blog ao criá-lo. Colunas laterais podem ser muito bem aproveitadas com mais do que apenas listas de posts recentes.

É imprescindível ter um formulário de cadastro em destaque. Assim, é possível alimentar a base de contatos da empresa, que poderá manter a comunicação depois por email. Além disso, porque não usar esse espaço para mídia dos próprios produtos da empresa? É possível atrair clientes ao criar banners de ofertas, de lançamentos e de produtos, que levem para páginas de compra no e-commerce ou para landing pages para captação de cadastros.

Também é importante conectar as pessoas às páginas da empresa nas redes sociais, incluindo o box do Facebook com botão de curtir a página, os últimos posts no Twitter e no Instagram ou um vídeo interessante do canal da empresa no YouTube. E não dá pra esquecer dos botões de compartilhamento em todos os posts. Eles facilitam as recomendações, que atraem mais leitores.

Para ganhar interesse, cliques e visitas

Lembre-se de que tudo o que está no blog de uma empresa pode e deve ser disseminado em qualquer rede social. Compartilhar conteúdo atrativo e atual ajuda tornar os perfis e páginas mais interessantes. Gerando conteúdo para um blog, uma empresa terá sobre o que postar no Facebook, no Twitter, no Google+, no Pinterest, e poderá ir muito além dos posts de produtos e ofertas que acabam ficando monótonos e que, por serem muito comerciais, podem não despertar tanto interesse e não atrair muitos cliques.

Se, hoje, a estratégia da sua empresa para tornar os perfis sociais mais dinâmicos é compartilhar conteúdo de portais e sites de notícias, avalie se não seria mais vantajoso levar esses visitantes para um blog dentro do site da própria empresa, em um ambiente em que as pessoas estarão em contato com sua marca e seus produtos e poderão tornar-se consumidores.

Ter uma estratégia de conteúdo é, cada vez mais, fundamental para empresas que querem aumentar sua audiência e seus negócios e, quando trabalhado de forma inteligente, o conteúdo de um blog pode, sim, gerar interesse, cliques, visitas e transformar visitantes em clientes.

Vivian Vianna

é jornalista, trabalha há 5 anos com posicionamento de empresas nas mídias sociais e estuda incansavelmente tudo o que tem a ver com o assunto. Criadora da produtora de conteúdo Tailor Made Content.

Comentários

PUBLICIDADE