Artigos

Como a hospedagem de sites afeta o seu negócio (Desempenho, SEO e UX)

por:

Entenda por que o desempenho de um site é um fator essencial para que suas estratégias de marketing não sejam prejudicadas

 

Sites lentos, com baixa visibilidade ou com alta taxa de rejeição são resultados negativos de ambientes não otimizados. Assim como o desenvolvimento do site é importante para deixá-lo funcional e com um layout agradável, a hospedagem de sites também afeta diretamente o sucesso do seu negócio e neste post irei mostrar o porquê.

Quem não tem o seu espaço na internet ainda, com certeza está em desvantagem em relação a seus concorrentes. Seja qual for seu objetivo, vender ou aumentar sua presença na internet, ter um site é uma ótima estratégia para aumentar seu faturamento e o sua visibilidade.

Mas ter um site vai muito além de desenvolvê-lo ou gerar conteúdo para ele. Antes de tudo é preciso que ele tenha um ótimo desempenho para que suas estratégias não sejam prejudicadas por conta do seu mau funcionamento.

Por exemplo: se seu site tem uma média de 30 acessos simultâneos e funciona normalmente, mas por conta de alguma campanha de marketing que gere mais de 300 acessos nele. Se a sua infraestrutura não estiver preparada para suportar esse “estresse” é certo que seu servidor cairá, sua campanha e o tempo investido terão sido em vão.

Esse exemplo pode acontecer com uma facilidade incrível em hospedagens de sites sem monitoramento ou com fraca comunicação entre as empresas. Por isso, caso o aumento no tráfego seja previsível é importante que você converse com sua empresa de hospedagem de sites para que seja encontrada a melhor solução.

Para aproveitar melhor a sua infraestrutura de hospedagem é importante que ela esteja alinhada aos objetivos do seu negócio.

Uma hospedagem de sites otimizada fornece o melhor desempenho e usabilidade para o seu site assim como ajuda a melhorar o SERP de suas páginas. Veja como:

 

Desempenho

Não importa o tipo de hospedagem que você tenha, ela não irá deixar o seu site mais rápido. O que define a velocidade de um site é o seu tamanho (MB) e o tempo de carregamento que seu computador leva por meio da internet para pegar as informações do servidor (é claro que há mais detalhes neste processo, mas o básico é isso).

O que deixa um site lento e que está relacionado a hospedagem é a quantidade de trocas de informações que são feitas. Quanto mais pessoas acessam seu site, mais trocas são feitas. E dependendo do ambiente de seu site ele pode ser prejudicado.

Existem diversas plataformas e formas de criar um site e isso irá interferir diretamente em sua velocidade, pois dependendo o modelo e o objetivo do site as operações internas serão diferentes.

É possível oferecer o mesmo ambiente para um site institucional e para um e-commerce, mas o desempenho será diferente.

Por exemplo: as operações internas de um site institucional podem ser inferiores a do e-commerce e, por conta disso, podem ter um desempenho melhor e parecer ser mais rápidas.

Porém, se o e-commerce estiver em um ambiente otimizado para sua plataforma, ele terá os recursos necessários para usar o máximo de seu desempenho.

 

Velocidade

Além de ser um fator de ranqueamento no Google, a velocidade do seu site terá influência na experiência de usuário e em seus resultados.

De acordo com pesquisas da Aberdeen Group, cada 1 segundo a mais no carregamento de uma página gera quedas de 11% nas visualizações de página e 16% na satisfação dos clientes.

Em outra pesquisa da Kissmetrics, 40% dos visitantes abandonam páginas que levam mais de 3 segundos para carregar e cada 1 segundo a mais no tempo de carregamento do site reduz em 7% as conversões.

Agora que já sabemos que a velocidade do site interfere no engajamento dos visitantes, na taxa de conversão e também no seu posicionamento orgânico, veja algumas dicas para otimizar o desempenho do seu site.

 

Como melhorar o desempenho de um site

Para você que quer melhorar o desempenho do seu site mas não sabe por onde começar ou o que fazer, na internet existem diversas ferramentas que te darão ótimos insights. Gostaria de compartilhar algumas que uso em minhas análises com você:

Think With Google – Site da própria Google para você recolher insights de melhorias para o desempenho do seu site, tanto em programação quanto em hospedagem.

Web Page Test – Essa ferramenta, desenvolvida pela AOL e apoiada pela Google, dá notas de A a F para seu site em cinco quesitos que favorecem a sua velocidade (tempo de abertura do primeiro byte, Keep-Alive, compressão na transferência de arquivos, compressão de imagens, cache e uso de CDN).

GTmetrix – Calcula o tamanho do seu site e o tempo de abertura e no final apresenta um relatório de tudo o que deve ser melhorado para ter um site rápido.

Além das plataformas que citei, com as quais você consegue verificar o desempenho do seu site, existem algumas empresas como a SECNET, por exemplo, que também podem te ajudar a monitorar esses dados.

Agora que você já tem insights sobre o desempenho do seu site será possível tomar medidas adequadas para torná-lo mais rápido.

Se estiver em dúvida de como melhorar a velocidade do seu site confira o artigo como otimizar o tempo de carregamento de um site.

 

SEO

A sua hospedagem de sites pode interferir diretamente no SEO do seu site. 

Uma infraestrutura má otimizada para sua plataforma irá influenciar negativamente o seu ranqueamento. Isso acontece por conta da lentidão e da disponibilidade do seu site (uptime).

O uptime mostra quanto tempo seu site está funcionando corretamente. Quanto maior o seu uptime mais tempo o seu site fica no ar.

Um dos principais fatores de ranqueamento no Google é o tempo de abertura do site. Portanto, não é bom testar a paciência de seus visitantes! Para isso, reduza o tamanho dos arquivos das imagens, compacte arquivos de CSS e Java, garanta que sua hospedagem de sites seja otimizada para sua aplicação usar o máximo de seu potencial, enfim, busque por insights do que pode ser melhorado em suas páginas.

 

User Experience (UX)

O desempenho e a estabilidade do seu site influenciam na experiência do usuário desde o primeiro acesso ao site.

É no primeiro acesso em que a maioria das impressões sobre o site são criadas pelo visitante. Se ele tiver uma navegação lenta ou se o site não funcionar corretamente pode ter certeza que as primeiras impressões não serão as melhores.

Obviamente, o design e a programação do site são fundamentais para o processo de compra e para a navegação do usuário dentro do site. Contudo, do que adianta ter um site bonito se ele não carrega para o usuário? Absolutamente nada.

Por isso o tempo de carregamento, tanto no desktop quanto em dispositivos móveis, é de grande importância para a usabilidade do seu site.

 

Quer saber mais sobre otimização de sites empresariais? Então dê uma lida nos conteúdos abaixo: 

>> Os desafios da otimização de site para PMEs

>>Pesquisa da Sem Rush revela quais são os fatores que influenciam os ranqueamentos do seu site 

>>Performance de sites e estratégias de marketing digital andam juntas

Bruno Scoz

é responsável pelo Inbound Marketing na SECNET. Possui mais de 3 anos de experiência na área, focado na atração e conversão de leads, é viciado em métricas e em criação de conteúdo.

Comentários

PUBLICIDADE