Artigos

Search Love London Day 2: Content Marketing, Youtube SEO, PWA and Drinks

Data visualization para pesquisa de palavras-chave, frameworks para análises competitivas, Youtube SEO, PWA, Digital PR, Marketing Digital para o terceiro setor e Eigenvector of the Stochastic Adjacency Matrix, marcaram o segundo dia do Search Love London 2017.

Se você não entendeu metade dos termos mencionados acima, calma. Eu vou explicar cada um deles. Mas antes, se você perdeu o recap do primeiro dia, não deixe de ler: Search Love London 2017 Day 1

 

De Power BI para SEO à Marketing Digital para o Terceiro setor, assim foi o segundo dia de evento

Wil “The Entertainer” Reynolds abriu o segundo dia de palestras mostrando como utilizar o Power BI (ferramenta de BI da Microsoft) para fazer pesquisas de palavras-chave para SEO e PPC. Para quem esteve no RD Summit de 2016, Wil fez uma das melhores palestras de todo o evento.

Além da sua energia cativante e humor ao estilo Eddie Murphy (sorry Wil, but you do remind me of him), o CEO da SEER Interactive mostrou como utilizar o Power BI para cruzar referências de dados de palavras do Adwords, Search Console e SEMRUSH para identificar palavras com alto poder de conversão.

Em suma, SEOs devem parar de pensar em palavras com alto volume de busca e começar a pensar em “money making keywords“. Em tempos de “not provided” isso só é possível cruzando referência com dados de palavras-chave de campanhas de busca paga.

Portanto, agências comecem a unificar seus times de SEO e PPC.

Zee Hoffman Jones, diretamente do escritório da Distilled NY, falou sobre um dos meus temas favoritos, análise competitiva. Ela compartilhou alguns frameworks e checklists bastante interessantes para realizar esse tipo de análise.

Basicamente, ela divide a análise de concorrentes em quatro parte: Técnica, Conteúdo, Audiência e Conversão. Vocês devem estar se perguntando: Como analiso a audiência e as conversões dos meus concorrentes?

A resposta para essa pergunta e os frameworks compartilhados por Zee você só saberá se continuar lendo esse artigo.

Na volta do coffee break Kisrty Hulse compartilhou cases de sucesso e fracasso de campanhas de content marketing e link building. A fundadora da Manyminds Digital também compartilhou frameworks bem interessantes para criação de conteúdo viral que atrai links.

 

 

De acordo com Kirsty, a maioria das campanhas de marketing de conteúdo tem dificuldade de atrair bons links porque na maioria das vezes o conteúdo é muito comercial.

Ela sugere que o foco deve ser a informação e originalidade, só assim seu conteúdo tem chance de atrair a atenção dos veículos de comunicação.

O Colunista do The Drum, Samuel Scott falou Adblockers e as novas legislações para controle dados que entrarão em vigor na Europa em maio de 2018.

Emily Grossman abordou um dos temas mais quentes do momento. PWA ou Progressive Web Apps, além de explicar em detalhe as vantagens da tecnologia ela compartilhou cases de sucesso de empresas como Forbes, Lâncome e The Weather Channel.

 

 

Cenário atual da adesão de PWAs em todo o mundo

 

Chery Percy, ex-Distilled, vocalista da banda Violet Violet e atualmente na ONG Stand up to Cancer, deu uma aula de como utilizar o marketing digital no terceiro setor. Após perder sua irmã para o câncer, Chery decidiu abraçar a causa e começou a fazer eventos beneficentes para levantar dinheiro para O.N.Gs de luta contra o câncer.

A roqueira deu dicas incríveis de como utilizar praticamente todas as modalidades do marketing digital em prol de uma causa nobre. Como por exemplo, de como utilizar os dados de consultas de pesquisas do Adwords para identificar dúvidas dos usuários e criar conteúdos que geram altos volumes de visitas e consequentemente doações.

 

 

Em uma palestra sobre Video Marketing e SEO para Youtube, Justin Briggs trouxe dados interessantes sobre a influência dos vídeos nos resultados de pesquisa orgânica do Google e os avanços em video search.

Para fechar ele compartilho 33 dicas sobre Youtube SEO, que vocês encontrarão no link no final deste artigo.

Fechando o evento, ninguém mais ninguém menos que o CEO da Distilled, Will Critchlow, para muitos o Rand Fishkin europeu. Will fez a palestra mais técnica de todo o evento e mostrou que podemos prever o impacto nos resultados orgânicos antes de realizarmos mudanças em um site.

Utilizando a arquitetura de informação e a estrutura de links internos de um site, Critchlow mostrou como pequenas alterações, muitas vezes óbvias, podem gerar benefícios enormes. Mas devo confessar, senti falta de algo mais substancial para comprovar algumas das teorias apresentadas por ele.

Alguém já ouviu falar de Eigenvector of the Stochastic adjacency matrix. Aparentemente é como o Google mede o fluxo de PageRank entre os links. Sim, PageRank!

 

Conclusão

Definitivamente o Search Love não é um evento para iniciantes e notei isso não só pelo nível das palestras mas também pelas conversas que mantive com marqueteiros digitais de todas as partes do mundo, incluindo o pessoal que esteve comigo no White Nights SEMRUSH Meetup na Rússia.

Entretanto, eu devo dizer uma coisa me deixou muito animado. Não devemos nada para os gringos. Tem muito agência e profissional no Brasil fazendo trabalho de nível mundial.

Kudos para minha ex-equipe de SEO, na SEO Marketing (claro, né gente), Peçanha e sua equipe na Rock Content, André Siqueira na Resultados Digitais, Flávio e todos aqui do Digitalks, Leandrinho da Apiki, Fernando e Thiago da GTC entre muitos outros profissionais e agências.

“Não tenho vínculo com nenhuma dessas empresas apenas acompanho e admiro o trabalho que fazem”

 Para fechar o evento, industry drinks na The Singer Tavern, tudo por conta da Distilled. A título de informação para aqueles que gosta de um pouco de histórico como eu, The Singer Tavern (leia-se singuer tavern) foi a primeira sede e fábrica das máquinas de costura Singer.

>>Confira neste link as dicas do Justin Briggs  sobre Youtube SEO

 Até o próximo evento de “digital marketing” aqui na Europa. Diretamente do trem entre Londres e Cambridge, Felipe Bazon para o Digitalks.

 

 

Felipe Bazon

é co-fundador do WP SEO Boost e sócio na agência inglesa de Marketing Digital Hedgehog Digital. Há mais de 10 anos apoixonado por SEO, Content Marketing e Marketing Digital em geral. Já liderou mais de 100 projetos de SEO e Content Marketing em empresas como Saraiva, Grupo Boticário, Editoria Abril, Estadão, Shopify entre outras.

Comentários

PUBLICIDADE