Artigos

Guia fácil para a distribuição de conteúdo patrocinado

Então, você já tem um ótimo conteúdo, talvez um relatório de algum tipo, e um infográfico ou dois. Você compartilhou esses conteúdos em seus canais orgânicos, e por alguma razão, porém, não está alcançando a repercussão esperada. Você precisa de uma solução para se promover melhor. A distribuição paga – ou seja, promover seu conteúdo com algum orçamento – pode ser a resposta. Esse guia apresenta uma visão geral de tudo o que você precisa saber sobre suas opções para publicidade paga.

 

Descoberta e publicidade nativa

Quando anunciantes pensam em anúncios nativos, eles pensam em algo que remete a campanhas de descoberta de conteúdo, onde o conteúdo aparece programaticamente embaixo de artigos similares em uma ferramenta de conteúdo relacionado. Outros tipos de anúncios nativos na internet muitas vezes nascem de relações diretas com publishers.

Por meio de plataformas de conteúdo, como a Taboola, por exemplo, você paga para promover seu conteúdo em sites editoriais confiáveisEm troca do seu investimento, você ganha acesso ao público do publisher e pode mesclar seu conteúdo à experiência do usuário do site do editor.

 

Parcerias com publishers

Esses tipos de campanha resultam de parcerias estratégicas entre marcas e publishers –  e geralmente requerem um investimento robusto feito pela marca. Eles emprestam às marcas os recursos de produção necessários para criar conteúdo de qualidade em escala, e ainda incluem a mensagem da marca.

Não é algo que você faz quando está começando, mas há uma boa prática que gostaríamos de destacar: seu conteúdo tem que ser produzido com integridade jornalística, claramente identificada como patrocinada, e os anúncios devem estar restritos a uma área de anúncios. Se os usuários não confiarem no seu conteúdo ou o acharem relevante, eles vão considera-lo como propaganda e ignorá-lo.

 

Publicidade em pesquisa

Os anúncios de pesquisa exigem que você determine palavras-chave específicas nas quais você gostaria de anunciar. Quando um usuário procura por essa palavra-chave, eles verão sua propaganda. Os anunciantes são obrigados a pagar um determinado valor toda vez que um anúncio é clicado – selecionar palavras-chave relevantes é o segredo para o sucesso. A ferramenta de anúncios mais comum é o Google Adwords, mas há outros, incluindo o Bing Ads, da Microsoft.

 

Anúncio pago em social media

Mídia social é geralmente o primeiro lugar que os anunciantes vão quando pensam “distribuição paga”. Por quê? Normalmente não requer configuração, pois a maioria das marcas já têm contas em mídias sociais. Seu conteúdo é promovido baseado no tipo do público, demografia, negócios, região e mais – e porque as redes sociais coletam tanta informação sobre seus usuários por padrão do cadastro, a segmentação de público é efetiva.

A promoção em mídia social é geralmente cara. Se a geração de leads é seu objetivo, considere direcionar suas campanhas sociais para conteúdo fechado, para que os investimentos valham a pena.

 

Facebook: alcance uma variedade de público localizado

O Facebook oferece dois tipos de promoção – posts patrocinados e anúncios tradicionais. Um post patrocinado começa como um post orgânico que você pode “impulsionar” com o orçamento de sua escolha, e segmentar o público que deseja. Anúncios são diferentes – eles podem aparecer na linha do tempo de um usuário ou como um banner de anúncio em outro lugar da tela, e nem sempre aparecem na sua página do Facebook. Você alcançará uma vasta audiência no Facebook em uma variedade de países, mas se está tentando capitalizar em tendências, o Twitter é sua melhor aposta.

 

Twitter: capitalize em tendências

O Twitter permite três tipos gerais de promoção – tweets, contas e tendências. Promover um tweet funciona de forma similar a patrocinar um post no Facebook. Nessa plataforma de promoção rápida, você pode promover por parâmetros de localização e orçamento. Para opções mais avançadas, você precisa abrir uma conta no Twitter Ads. A plataforma do Twitter Ads é onde você pode criar anúncios detalhados para todo tipo de conteúdo – tweets orgânicos, tweets que aparecem na linha do tempo do usuário, mas não em seu perfil, contas promovidas, e campanhas que capitalizam em certas tendências por hashtag.

Para os anunciantes B2B, ou empresas B2C que vendem produtos relacionados a negócios, o LinkedIn é a sua melhor plataforma social – eles sabem seu público-alvo pelo título e mercado exatos.

 

LinkedIn: anunciantes B2B podem direcionar por título e mercado

O LinkedIn é um pouco diferente – você não consegue patrocinar rapidamente um post orgânico do seu perfil. Para criar anúncios no LinkedIn, você precisa abrir uma conta no LinkedIn Ads. Você pode escolher entre conteúdo patrocinado, anúncios testes e publicidade por e-mail.

Conteúdo patrocinado é mais usado em marketing de conteúdo, mas, uma segmentação de público mais detalhado também está disponível em anúncios de texto e e-mails patrocinados – aqui você pode alcançar membros do LinkedIn diretamente pelas mensagens da rede social. O verdadeiro poder do LinkedIn Ads está em sua segmentação de público, onde os critérios profissionais são mais detalhados do que qualquer outra plataforma.

Existem muitas opções para escolher quando se trata de promover seu conteúdo. Quando você está apenas construindo seu público, porém, você precisa de credibilidade. Marketing de conteúdo não vai funcionar a não ser que seu público possa confiar em você. Nós recomendamos começar com descoberta, onde você pode promover seu conteúdo em alguns dos melhores sites editoriais, e ganhar a credibilidade necessária para converter seu público.

Adam Singolda

é o fundador e CEO da Taboola. Antes de fundar a Taboola em 2007, Adam serviu como oficial em uma unidade de elite de matemática da Agência Nacional de Segurança de Israel por quase 7 anos. Recentemente, foi nomeado um dos principais gerentes de negócios com menos de 30 anos de Israel pela TheMarker.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: