Artigos

Não se trata de futuro ou ficção: já é possível prever os próximos passos dos seus leads

Prever o comportamento do consumidor é o desejo de todo o profissional de marketing e vendas. Já pensou poder saber quando ele vai abandonar a sua jornada de compra, por exemplo? Seria ótimo para pensar em uma ação para engajá-lo novamente. Hoje em dia, esse sonho é plenamente alcançável, e não envolve bola de cristal ou ciência somente vista na Nasa. O Marketing Preditivo, que é a combinação da ciência de dados e o marketing, resulta em preciosos insights de quais iniciativas têm mais chances de dar certo.

 

Como ele pode ajudar a vender mais?

Imagine cruzar o que sabemos dos nossos clientes, leads e prospects com o comportamento deles durante a navegação em nosso site. Ou então o comportamento nas redes sociais. Quantos insights podemos tirar disso? O perfilamento preditivo consiste em processar toda essa informação para buscar tendências, padrões, comportamentos e resultados comuns para fatias determinadas de seu público. E você bem sabe que ações diretas custam caro, e mais: também custam reputação. Então, nada de mandar conteúdo que o cliente não deseja ou para as pessoas erradas.

O Marketing Preditivo também é ótimo para calcular mais precisamente o ROI das suas campanhas de marketing, pois, por meio da análise de resultados passados, podemos criar um modelo de Machine Learning que descubra o que foi mais importante nas ações que deram certo, e o que estava errado nas que não foram lá muito bem.

 

Deixe as máquinas trabalharem por você

Você talvez tenha achado tudo muito complexo. Mas a melhor parte é que existem ferramentas que automatizam todo esse processo de forma eficaz, requerendo o mínimo de intervenção humana. Por meio delas, você consegue entregar leads mais qualificados para o time de vendas. Isso ajuda a diminuir os atritos entre os times de Venda e Marketing e pode economizar seu tempo, e até dinheiro, ao não ter como prioridade ações para alinhar os dois times.

O legal é que as ferramentas automatizadas de Marketing Preditivo ajudam a investigar uma série de variáveis muito mais ampla do que os nossos CRMs oferecem, encontrando novas segmentações de cliente a partir de perfil. Algo muito similar à funcionalidade de “Públicos Semelhantes do Facebook”, que você deve conhecer bem. Como comentei no começo do texto, de tal maneira também seria possível prever quando o usuário está pensando em desistir da jornada de compra e capturá-lo de volta no ‘pulo do gato’.

Sérgio Larentis

é empresário, com graduações em redes de computadores e Ciência da Computação, além de MBA em gestão de negócios com extensão no exterior e Mestrado em Computação Aplicada. Sócio da Conectt, co-fundador da Zubit e co-fundador Math Marketing, atua a 18 anos em funções relatas a soluções de tecnologia, tendo como foco atual soluções de Marketing fazendo uso de seu background em Computação, IA e BI. Hoje é VP de Marketing Engineering da Math Marketing

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: