Artigos

Rewards: bom para a marca, publisher e usuário

Mulher segura, telefone móvel, mostrando, vale presente.Rewards

A vida é injusta. Se você vive no planeta Terra, certamente já ouviu, pensou ou até mesmo sentiu isso na pele. Mas fique tranquilo, pois isso só tende a piorar. Além de estarmos vulneráveis as mais diversas situações no dia a dia, hoje é possível se sentir injustiçado até mesmo no ambiente digital.

Pense em uma pessoa que está desempregada e que para se candidatar às vagas de emprego deve aceitar um plano de assinatura. Você acha justo cobrar de quem está desempregado? Ou quantas vezes você queria ler um conteúdo e foi barrado por uma obrigatoriedade de assinatura?

Há quem diga que esse tipo de bloqueio favorece a leitura de conteúdos falsos ou notícias com baixo teor de veracidade ou não confiáveis, que são chamadas de Fake News.

Agora, imagine que a publicidade pode ser a solução para este imbróglio. Tanto para o usuário, para o site e até para o anunciante. Bem-vindo ao mundo pós-digital! Desta forma, nasceram as plataformas de Rewards, palavra em inglês que significa recompensa.

 

A era das Rewards

Atualmente já vemos muitas formas disso ocorrer, e o mais lembrado e utilizado funciona em interações com apps de games, onde ao ver um anúncio, o usuário pode liberar funcionalidades, vidas e outros para continuar a jogar.

Se a publicidade precisava se renovar e criar um relacionamento de sentimento com o público alvo, esse é o conceito do Rewards. A NoBeta, empresa especializada em publicidade digital, a VivoAds e algumas outras empresas já têm em sua prateleira comercial um produto voltado para o conceito.

Dessa forma, podemos oferecer aos anunciantes uma oportunidade de impactar o target concedendo um benefício que não seria possível ao usuário – a não ser pagando, é claro.

E assim as marcas poderão gerar relação emocional com os beneficiados criando aproximação e promovendo a leitura de conteúdos confiáveis e acessos pagos liberados.

Mas não para por aí, além do benefício ao usuário, estes produtos têm um adicional muito relevante para o cliente e a agência que é a mensuração de eficácia a partir de pesquisa de Brandlift, que falaremos em nosso próximo artigo.

O Rewards surge para fazer com que a vida online seja cada vez mais justa e com marcas trazendo benefícios tangíveis nos anúncios para os publishers, as marcas e, principalmente, os usuários.

Victor Canas

é Chief Marketing Officer na NoBeta.

Comentários

PUBLICIDADE