Artigos

Como a tecnologia 5G irá afetar na Comunicação e a Publicidade?

Fundo azul com luzes e "5G" em destaque.

O mundo começa a se adaptar à nova rede móvel 5G. Até o momento, 46 países já usam a nova tecnologia, e estima-se que até 2025 já esteja operando de forma mais abrangente nas principais cidades do mundo.

Mesmo onde ainda se estuda a implementação, muitas empresas de tecnologia, serviços e infraestrutura já começam a se preparar para algumas mudanças, tanto na questão de produção, quanto no relacionamento com o público e na comunicação.

 

Mas o que é exatamente a tecnologia 5G?

A tecnologia não é, exatamente, uma evolução do 4G, da forma como vinha sendo. A rede 5G deve proporcionar melhoras na latência da conexão, que é o tempo de resposta de comunicação dos dispositivos.

Dentre as vantagens esperadas é de que a rede possibilitará um maior número de dispositivos conectados simultaneamente, além de menor latência de rede, ou seja, menor tempo de resposta entre a informação enviada pelo dispositivo e retornada pelo servidor. Isso possibilita uma maior velocidade no funcionamento de aplicações online e, em especial, um melhor desempenho de tecnologias que usam a inteligência artificial e machine learning ou de funcionamento remoto: veículos autônomos, cirurgias médicas remotas, agricultura de precisão, e todo o conceito de IoT (internet das coisas) serão ampliados de maneira considerável pela Tecnologia 5G.

Além disso, como todo avanço tecnológico, a indústria e produção também sofrerão mudanças no seu modo de produção: automações mais precisas e uma maior autonomia de funcionalidades remotas.

 

Novos horizontes, novos riscos?

Uma pauta recente que foi levantada sobre a nova rede 5G, é sobre a possível “nocividade” à saúde. Contudo, ainda não há estudo que comprovem impacto a curto ou longo prazo, sobre a radiação que as ondas de radiofrequência causam nas células. Por ser uma radiação não ionizante, ou seja, sua energia não é suficiente para ionizar átomos ou moléculas, e assim não proporcionando emissão de calor, a rede do 5G, assim como a rede das tecnologias anteriores, não apresentam risco real.

Já na questão de segurança de dados, a história é um pouco diferente. A estratégia adotada para a segurança contra ataques cibernéticos e malwares ainda continuam com a mesma premissa de cuidados. A quantidade de dispositivos conectados simultaneamente deverá aumentar consideravelmente, e por isso, a automatização de softwares e aplicações mal-intencionadas, poderá ser mais fácil. Além da dificuldade de rastreamento.

 

Como a Tecnologia 5G irá afetar a Comunicação?

É fato que a quantidade de plataformas conectadas simultaneamente irá modificar as maneiras com a qual somos impactados pela publicidade. Isso também pode impactar na maneira de consumo. Uma maior variedade de dispositivos conectados simultaneamente, permitiria que novos canais de comunicação possam surgir, e com isso, novas formas de publicidade. Por exemplo, a utilização de dispositivo de realidade virtual como novo meio de comunicação e publicidade, uma vez que o seu uso poderá ser ampliado graças a conectividade mais precisa.

Contudo, é necessário estar atento a todas as mudanças, principalmente quando se trata de uma mudança que pode afetar o modo de vida das pessoas, a forma de se comunicar e trabalhar.

 

Ampliação de canais

O 5G não irá apenas ajudar na forma criativa, mas também ajudar os anunciantes a terem um melhor alcance de audiência, e ter acesso a outros meios de anúncios mais eficientes e que falem diretamente com os consumidores.

Talvez o maior impacto que virá através da Tecnologia 5G seja realmente o crescimento na quantidade de dados trocados digitalmente. E isso poderá permitir que os anunciantes possam obter dados mais detalhados sobre seu público.

Devemos sempre pensar que a publicidade deve ser sempre uma via de mão dupla, e não só uma forma de interromper o consumidor através de anúncios. Por isso é necessário, além de estudar os novos meios que poderão surgir, saber exatamente como os hábitos de consumo poderão mudar. Pensar hoje nas possibilidades que podem surgir com o 5G é uma oportunidade para criar estratégias para aprender mais sobre o consumidor e impactá-los ainda com mais precisão e relevância.

 

Segurança e Privacidade sempre serão importantes.

O processamento através da nuvem irá permitir que uma maior quantidade de dados seja processada remotamente, otimizando o tempo de uso do hardware dos dispositivos, além de demandar menos energia, o que poderá permitir que outros acessórios móveis poderão estar conectados com mais facilidade. Até mesmo os que não estavam conectados usualmente. Terão mais eletrodomésticos, carros e, claro, mídias DOOH.

Ainda assim, os profissionais de marketing, juntamente com os veículos, agencias, devem sempre prezar por processos para o uso desses dados de uma forma em que não fira a privacidade dos consumidores.

A Tecnologia de rede 5G ainda está sendo adaptada. E estima-se que até 2025 esteja em seu funcionamento pleno nas principais cidades mundiais. No Brasil, os mais otimistas preveem que as principais cidades do país já possam ter aplicações funcionando em 5G já em 2023. Mas hora ou outra essa tecnologia será difundida, e pensar com antecedência em estratégias é essencial.

Cleiton Ferreira

é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Estuda sobre comunicação e comportamento. Gosta de livros, filmes e podcasts. Trabalhou em Comunications Latin America na BASF SA, Analista de Marketing Digital e Criador de Conteúdo para na M4A Consultoria. Atualmente é Analista de Comunicação e Marketing na empresa Gamned!

Comentários

PUBLICIDADE