Artigos

Na contramão do mercado: mulheres dominam a área de Marketing

Enquanto a desigualdade de gênero ainda é um desafio a ser trabalhado no ambiente corporativo, 56% do segmento é composto pelo público feminino

 

Imagem: fundo de tijolos com letreiro neon escrito "girl power". mulheres.

A desigualdade de gênero no ambiente corporativo ainda é um desafio social a ser trabalhado. Mas, você já pensou sobre essa questão especificamente no mercado de Comunicação? Na prática, a área formada predominantemente por homens tem um histórico de estereotipar e objetificar as mulheres. Diante desse panorama, existem profissionais dispostas a abrirem as portas para o empoderamento feminino. Principalmente, na área de Marketing.

Segundo informações divulgadas pela Associação de Marketing Promocional (Ampro), 56% do segmento é composto pelo público feminino. “O que as agências de Marketing perceberam é que incentivar a ascensão feminina no mercado de trabalho vai além de uma conscientização social. É estratégico. Em tempos que a sustentabilidade do negócio depende da inovação, a marca que investe em uma equipe de colaboradores diversificada, permanece à frente da concorrência ao desenvolver soluções mais criativas capazes de conversar com todos os públicos”, afirmou Dayane Vianna, gerente de Customer Success da All iN – unidade de Marketing Cloud da Locaweb.

Ao analisar as razões que fazem as mulheres se destacarem no ramo da Comunicação, a especialista em Marketing identifica a facilidade do grupo em gerir pessoas, ter empatia e ser multitarefas. “Dizer que o lugar de uma mulher é onde ela quiser, é uma expressão conquistada recentemente por movimentos feministas em prol da igualdade de gênero”, disse Dayane.

“Antigamente, as mulheres eram condicionadas a permanecerem apenas cuidando da casa e dos filhos. Ao longo dos anos, os reflexos dessa mentalidade foram propagados. Ou seja, mulheres podem trabalhar fora desde que também prezam pelo lar. É a chamada dupla jornada. Todo esse histórico contribuiu para um desenvolvimento espontâneo dessas habilidades em muitas mulheres”, completou.

 

Case de sucesso

A própria história de Dayane Vianna reflete os resultados positivos do empoderamento feminino no mercado de Comunicação. Há cinco anos na All iN, a gerente que trabalhava na Locaweb com cancelamento de serviços, decidiu cursar uma faculdade de Marketing em 2013 quando a marca foi adquirida pela companhia líder em serviços digitais. A aprendizagem aconteceu à distância para conseguir cuidar do filho em paralelo aos estudos.

Em seguida, Dayane conquistou o cargo de analista e tornou-se referência para aquelas que também desejam crescer na carreira ao liderar a idealização do projeto de Customer Success na unidade de negócios a partir do objetivo de fortalecer a presença da marca no mercado. “O que motivou a estruturação da iniciativa foi a compreensão de que faltava braço e olhar estratégico em ações de Marketing de médios e grandes negócios. Tradicionalmente, as empresas tendem a utilizar um único profissional de Marketing em diversas funções com um pensamento de que para criar um relacionamento com o cliente basta enviar e-mails. Mas, por detrás de todo bom resultado, há a necessidade de estratégia”, ressaltou a gerente. Ao todo, a nova área cresceu 200% durante o período de 2017 a 2019. Entre os clientes, encontram-se negócios como Riachuelo, Polishop e Giuliana Flores.

Dayane Vianna

é formada em marketing e atua há mais de 5 anos atuando no mercado digital. Hoje coordena um time apaixonado por e-mail na All iN que é responsável pela performance e estratégia de grandes empresas de diversos segmentos, levando personalização e relevância através do e-mail marketing.

Comentários

PUBLICIDADE