Artigos

Como o Pinterest pode ajudar nas vendas de um e-commerce?

Niraj Sarah, CEO da WaiFair, uma das maiores varejistas de móveis e decoração online dos Estados Unidos, com mais de 12 mil marcas e 7 milhões de itens vendidos, tem uma frase chave que resume exatamente a importância que o Pinterest pode ter para alavancar um e-commerce: “Imagens são inspiradoras e fazem você querer comprar”.

Pensando na inspiração provocada pelas imagens, em uma comunicação que, muitas vezes, é muito mais direta e rápida que um texto, o Pinterest representa uma das maiores oportunidades de divulgação de marcas. Basicamente, o site é uma grande vitrine virtual, que se utiliza das imagens como forma majoritária de expressão.

Até mesmo o seu layout é bastante parecido a uma vitrine. Um site simples, de poucos contornos que reserva às imagens quase todo o seu espaço. Ao contrário de outras redes sociais relacionadas, no Pinterest, o empreendedor poderá, não somente exibir imagens relacionadas ao seu e-commerce, como também organizar a sua “vitrine” em segmentações diversas, da mesma maneira como se organizaria uma vitrine de loja e ainda criar painéis de inspirações, que podem aguçar o desejo do usuário e contribuir a favor da decisão de compra.

 

Como usar o Pinterest para impulsionar as vendas?

Diante dessas informações, pode-se vislumbrar um pouco da grande riqueza de possibilidades que o Pinterest oferece para um e-commerce, seja na divulgação de uma marca, ou seja nas estratégias de conversão de vendas. Não basta ser visto, é preciso convencer.

Para que a visibilidade proporcionada pelo Pinterest seja realmente efetiva nas vendas, é preciso conhecer a plataforma e construir uma vitrine estratégica, potencializando todas as ferramentas para despertar no usuário o desejo de compra.

Conheça algumas dicas importantes de como fazer o Pinterest alavancar as vendas de seu e-commerce:

 

Faça uma conta empresarial

O Pinterest é um das redes mais motivadoras para a prática do marketing, considerando inclusive que aproximadamente 80% de sua receita vem de publicidades. Por isso, a ferramenta disponibiliza um acesso especialmente para e-commerce.

Antes de tudo, crie uma conta empresarial e aproveite o manual de recomendações de práticas de marketing e todas as ferramentas exclusivas que a rede social disponibiliza. A conta empresarial pode ser criada no seguinte link: http://business.pinterest.com/.

 

De que forma o Pinterest possibilitará grande visibilidade?

Existem alguns dados importantes que nos mostram a relevância do Pinterest nas atividades de usuários economicamente ativos, que podem dar uma compreensão mais sólida do espaço que uma empresa pode alcançar.

Segundo dados levantados pelo GlobalWebIndex, em 2014m o Pinterest foi a rede social que teve maior índice de crescimento, aumentando em aproximadamente 54% o total de membros, dos quais 97% eram usuários ativos mensalmente.

Em 2016, o Pinterest anunciou uma marca em acessos, de 300 milhões de usuários ativos em todo o mundo, inclusive no Brasil, que é um dos países de maior relevância para a empresa. Esse marco trouxe à rede social mais de 1 milhão de marcas que investem com perfis na rede. No Brasil, algumas das principais marcas que fazem uso dos Pins são: Tok&Stok, Elo7, CyberCook e Lojas Renner.

A grande maioria de seus usuários é composta por jovens com idades entre 15 e 35 anos, economicamente ativos. Outro dado relevante para a rede é que aproximadamente 80% de todo o seu tráfego é originário de dispositivos móveis (smartphones e tablets, principalmente), chamando ainda mais a atenção para a necessidade de adaptação dos e-commerces para esses dispositivos e redes móveis.

O Pinterest ainda é conectado a diversas outras redes sociais, como os gigantes: Facebook e Google, sendo que, este último exibe postagens da rede em suas páginas de resultados. Ampliando as conectividades, a rede ainda possui a possibilidade de se conectar a qualquer site, através da inserção do ícone na loja virtual.

 

Qualidade das imagens

Antes de tudo, é preciso lembrar que o Pinterest é um dos principais meios de compartilhamento de imagens atraentes, autênticas e inspiradoras, sendo esse o seu maior diferencial em relação a outras redes sociais ou simples mecanismos de busca de imagens. Por isso, antes de qualquer coisa, é preciso garantir a correta qualidade e resolução das imagens publicadas.

Utilize imagens de alta resolução, com no mínimo 600 pixels de largura, para permitir uma correta visualização do usuário. A  proporção recomendada pela rede é de 2:3, que nessa resolução mínima, criará uma imagem 600px (largura) x 900px (altura).

Essa resolução é recomendada especialmente para garantir a total responsividade dos pins, de forma que as imagens sejam exibidas corretamente em dispositivos móveis sem cortar o link “visitar”, na ideia de que o redirecionamento para o seu e-commerce seria o principal objetivo. Existem algumas ferramentas de edição que possuem modelos de layout ideais para utilizar no Pinterest, como a ferramenta Canvas.

Dê especial atenção aos atributos estéticos das imagens exibidas, que incluem enquadramento, coloração, nitidez, iluminação, etc. Eles são essenciais para garantir a atratividade das fotos e, consequentemente, o interesse do público.
 

Texto nas Imagens

Uma excelente forma de criar sugestões de ação ao usuário é inserir textos inclusos nas imagens. O texto poderá descrever em poucas palavras o produto exibido ou mesmo funcionar como um breve “call to action”. Como o Pinterest tem em sua principal filosofia despertar a inspiração, esse texto também pode ser algo que traga maior espiritualidade e sedução à imagem.

 

Descrições

O Pinterest também oferece o recurso de inserir pequenas descrições em cada imagem e, segundo recomendações da própria rede, as descrições podem ser convidativas, de forma a atrair o usuário para conhecer melhor o seu negócio.

Porém, há de se considerar que o foco da rede são as imagens e, por isso, textos longos não são nada atrativos ou bem-vindos. Por isso, certifique-se de que suas descrições sejam curtas, sucintas, em uma linguagem clara, direta e objetiva.

A descrição pode sugerir o porquê de aquele produto ser importante, ou o porquê de o usuário precisar dele. Lembre-se de que as descrições não devem descrever o produto ou o seu e-commerce em detalhes, mas convidar o usuário para acessar o seu site e conhecer melhor a empresa e os produtos em detalhes. Uma “call to action” é estratégica nessa parte.

 

Seja acessível e relevante

Como uma rede social que busca “inspirações”, qualquer estratégia de marketing online no Pinterest deve ser sempre um marketing de conteúdo, ou seja, sua empresa precisa oferecer algo de relevante, que acrescente ao usuário.

No Pinterest, pode-se incluir listas, sugestões, dicas ou mesmo exibir imagens como links para postagens em blog. A possibilidade de se criar painéis de inspirações é também uma excelente ferramenta de produção de conteúdo. Oferecendo um conteúdo realmente relevante e interessante ao usuário, que terá curiosidade em conhecer mais de seu e-commerce.

 

Desenvolva o seu e-commerce

O Pinterest é uma das redes sociais mais promissoras para a prática do marketing online e certamente poderá ajudar a impulsionar as vendas de empresas de diversos segmentos. Porém, estar na rede não é garantia de visibilidade e sucesso; é preciso que cada uma dessas recomendações sejam seguidas, testadas e aprimoradas.

Como o principal objetivo da publicidade pelo Pinterest é o de direcionar acessos para o seu e-commerce, da mesma maneira, o site empresarial precisa ser desenvolvido seguindo parâmetros estratégicos específicos, como as técnicas SEO, que garantem a produção e exibição de conteúdo de qualidade, capazes de converter acessos em novos negócios.

Daniel Galvão

é formado em publicidade com pós graduação em marketing digital pela Universidade de Urbana Illinois. É CWO e Fundador da Mango Digital, agencia de marketing digital, especializada em mídia de performance. Atua como consultor de mídia digital e e-commerce possui mais de 10 anos de experiência em comunicação e marketing digital. Também é sócio do App “Tá na Obra” e palestrante. Seu foco profissional e objetos de estudo são o Marketing Digital, Comunicação, Mídias Digitais e Redes Sociais, Publicidade Online e Comportamento. Já atendeu às empresas: Gael, Rai, AO5, Molotov, Aquatro, Prós, Informamidia,Ticket, Governo Espirito Santo, Detran, Setur, Unilever, P&G, Mondelez, Pepsico e UOL.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.