Artigos

Rede de afiliados: uma grande tendência para vender conteúdo em 2018

A rede de afiliados não é a solução de todos os seus problemas, mas é um começo para quem quer se tornar um empreendedor digital de sucesso

A cada dia, mais e mais pessoas assistem vídeos na internet. Quem se arrisca a negar? Basta olhar para o lado, aguardar alguns instantes e pronto: seu colega está com os olhos vidrados no smartphone assistindo alguma coisa, seja para aprender ou simplesmente se divertir.

Um levantamento da Provokers, empresa de consultoria e pesquisa, encomendado pelo Google e o jornal Meio & Mensagem no final do ano passado, mostra que o consumo de vídeos online cresceu 90% em três anos. No mesmo período, o consumo de TV aumentou apenas 3,1%.

>Veja aqui três dicas para investir em vídeos online

 

Os dados mostram o crescimento acelerado do mercado de vídeos no país. Se existe algum momento para investir e se tornar um empreendedor digital, a hora é agora. A internet é um gigante em expansão e hoje, ganhar dinheiro com vídeos online se tornou um sonho possível para pequenos e médios empresários, assim como para pessoas que produzem conteúdo de forma autônoma.

Quem está começando agora com a intenção de ganhar fama e dinheiro na internet tem enfrentado várias dificuldades, afinal, além de competir com o volume de conteúdos, esse pequeno produtor também precisa concorrer com o algoritmo do YouTube – agora, ele só irá permitir que canais com mil inscritos e no mínimo 4 mil horas de conteúdo assistidos nos últimos 12 meses sejam validados para o Partner Program, o programa de monetização da plataforma. Os canais já existentes e que estão ativos para monetização, mas que não cumprem os requisitos, serão reavaliados e removidos do programa até o dia 20 de fevereiro. Toda essa dificuldade fez com que as pessoas buscassem outra forma de ganhar dinheiro com seu conteúdo.

É nesse momento que entram as plataformas como o Samba Play, por exemplo, que possibilita que produtores de conteúdo, empresas e empreendedores digitais criem o seu próprio canal para vender seus vídeos (OTT) por meio de um modelo de assinatura mensal, oferecendo tecnologia de ponta, segurança, pagamento integrado e uma experiência única para quem quer ganhar dinheiro nesse mercado.

Atrelada a uma boa ferramenta para distribuir seus vídeos, uma das minhas apostas para esse ano é reforçar o investimento em uma rede de afiliados, como por exemplo, a Lomadee. Para quem ainda desconhece, basicamente ela conecta determinado criador de conteúdo a um publisher que realmente pode ajudar a vender o material produzido por ele. E como em todo comércio, isso envolve uma comissão por cada venda concretizada.

E o que isso significa? Retorno em todos os sentidos. O produtor conquista maior visibilidade para seus conteúdos e, consequentemente, um aumento nas vendas, já o afiliado garante uma fonte de renda extra.

Analisando o mercado tradicional, a rede de afiliados é bastante semelhante a uma rede de franquias. Vamos utilizar o exemplo da Chilli Beans – além de possuir lojas próprias, a marca permite a venda de todos os seus produtos por meio de uma rede de franqueados. Com isso, ela está trabalhando para ter 1,2 mil pontos de vendas até 2020 e se tornar um player global. Observem que, nos dois casos, o que importa é aumentar o alcance do produto oferecido e, claro, o faturamento da empresa.

Mas se engana quem acredita que a rede de afiliados é a solução de todos os problemas. Se você não produz um conteúdo de qualidade e relevante, não há digital influencer que o venda. E se você acha que a rede de afiliados trará dinheiro rápido e fácil, também está enganado. É necessário estudar o material que está promovendo e realmente ter credibilidade no nicho de mercado envolvido. O seu retorno financeiro depende exclusivamente de você e do seu conhecimento.

Por fim, acredite no seu negócio e produza um conteúdo de qualidade. Disponibilize esse material para consumo e invista em uma rede de afiliados confiável. Essa não é uma receita de bolo para o sucesso, mas com certeza é um bom começo para o seu empreendimento digital.

Gustavo Caetano

é CEO da Samba Tech, que ajuda centenas de empresas a se comunicar melhor com sua audiência por meio de vídeos online. Suas soluções de Educação a Distância, Comunicação Corporativa, Transmissão ao Vivo e TV na Internet cuidam de ponta a ponta, desde o momento que o vídeo sai da câmera até ele ser distribuído para qualquer aparelho conectado à internet. Através da tecnologia de streaming, a empresa leva o conteúdo de seus clientes a milhares de pessoas, tornando mais democrático o acesso a uma mensagem de qualidade.

Comentários

PUBLICIDADE