Menu

Artigos

O poder do marketing “boca a boca”

Foi dada a largada para as Olimpíadas Rio 2016! Diante do caos que estamos vivendo, politicamente falando – principalmente no Rio de Janeiro – as coisas não estão fáceis. Nossa saúde e educação estão precárias e junto a isso, um turbilhão de obras aconteceu aborrecendo ainda mais a população.

A abertura dos Jogos Olímpicos, que ocorreu no Maracanã no dia 5 de Agosto, foi um show espetacular e maravilhoso e teve menos custo do que três eventos anteriores. Mas o que mais me deixou curiosa foi à chuva de mensagens positivas que tomaram conta das redes sociais. Os brasileiros estavam orgulhosos, até aquele que não estava assistindo parou para procurar ver e compartilhar esse sentimento bom.

O fenômeno foi exatamente ao contrário do que vivenciávamos na Copa de 2014. Estávamos enfrentando uma crise menor, mas a chuva de críticas foi protagonista em todas as mídias. Como não se esquecer do 7×1 que o Brasil levou da Alemanha?

Eu enxergo esse fato de uma forma: Quando se tem uma pessoa falando positivamente de algo, essa pessoa influencia outras a buscarem e dar suas opiniões. E claro, que quanto maior for o número de elogios, menos pessoas irão querer se posicionar de maneira contrária.

 

Agora imagine isso nos negócios.

 

O ditado que diz: “Uma banana podre estraga toda penca’’, faz todo sentido nesse raciocínio. Se você tiver um cliente falando mal de seu atendimento, de qualidade ou da empresa, a probabilidade é que ele contamine negativamente mais ou menos 6 pessoas ao redor. De contra partida, o famoso marketing boca a boca é o melhor e mais antigo método de divulgação da sua empresa e fidelização de clientes.

Lembrando: Pessoas compram de pessoas. Compram experiências, compram atendimento, atenção. Imagine cada cliente seu compartilhando uma boa experiência, pense no resultado que isso não vai gerar ao longo do tempo.

 

Veja abaixo 5 ideias aplicáveis de como motivar o marketing de influência na sua empresa:

 

1 – Estimule o seu cliente a postar nas redes sociais suas compras. 

Quando uma cliente compra um produto e posta elogiando a peça ou o atendimento, a chance dela voltar a comprar na mesma loja é enorme, além dela influenciar inconscientemente seu ciclo de contatos. 

2 – Crie #hashtags que se identifiquem com seu negócio. 

Na empresa em que trabalho criamos a #franciscajoias e #clientefranciscajoias para motivar os clientes as utilizarem. Além disso, com elas nós temos uma forma de interagir com nossas clientes curtindo e comentando cada foto.

3 – Poste fotos de suas clientes como gratidão. 

Em nosso Instagram, toda semana postamos as fotos de nossas clientes usando os produtos. Isso gera uma interatividade fenomenal.

4 – Poste depoimentos, elogios e sugestões nas suas redes sociais. 

Temos um álbum no Facebook feito exclusivamente para isso.

5 – Interaja com suas clientes. 

Sempre agradecemos as postagens, replicamos e valorizamos este gesto de carinho das clientes.

 

Resultado:

Com a valorização das clientes dando retorno a um simples elogio, por exemplo, nós nos mantemos fidelizadas, pois é muito mais barato manter clientes do que trazer novos.

Cada postagem de uma cliente impacta suas amigas e, consequentemente gera uma rede onde falam bem da marca e do produto. As chances de estas amigas converterem são enormes. E assim, gira a roda da energia boa!

Clientes satisfeitos, empresa que reconhece o carinho do cliente e crescimento sustentável.

Sabrina Nunes

é CEO da Francisca Joias Contemporâneas. Formada em Serviço Social com especialização em empreendedorismo pela Fundação Dom Cabral, possui anos de experiência no mercado de consumo B2C e B2B. Ganhadora do Prêmio 10 Mulheres Empreendedoras pelo banco Goldman Sachs

Comentários

PUBLICIDADE