Artigos

As tendências para as Redes Sociais

por:

Muito se fala sobre como o mundo está digital e também como as redes sociais tem grande impacto no dia a dia das pessoas. Essa rede de conexões que permite acesso fácil à informação, disseminação rápida e surgimento de porta vozes para todos os assuntos está cada vez mais ocupando uma posição importante no processo de formar opiniões e no processo de compra.

Por isso, as empresas estão constantemente trabalhando e pensando em novas formas de se relacionar com seus clientes por meio desses canais. Destaco neste artigo cinco tendências para as redes sociais que você deveria prestar atenção.

 

TENDÊNCIA #1 – Live Content

Apesar de já fazer bastante tempo desde o surgimento das primeiras ferramentas de transmissões ao vivo, como o Periscope, esse recurso ainda é pouco utilizado pelas empresas. Um dos principais motivos é porque ainda existem muitas dúvidas sobre como fazer esse tipo de conteúdo. Dúvidas sobre frequência ou o que falar ainda estão sendo testadas pelas empresas mais ousadas que investem nessas novidades.

Aqueles que se arriscam e conseguem criar campanhas originais e com foco específico para esses canais, acabam saindo na frente, pois aprendem mais rápido sobre o que o público quer e espera, enxergam mais possibilidades e criam proximidade com os internautas.

Depois do Periscope, que é do Twitter, o Instagram e o Facebook também lançaram as suas próprias soluções para Lives, e o Youtube também está chegando para o time. Apesar das boas práticas ainda estarem  em construção, é uma ótima oportunidade para você, como empresa, começar a investir e se destacar. Entenda se o cliente é adepto a esse tipo de conteúdo, conheça cases e faça a sua aposta.

 

TENDÊNCIA #2 – Chatbots

Há algum tempo, com o surgimento dos smartphones, muitas empresas apostaram na construção de aplicativos com o objetivo de ter um canal específico para conversar diretamente com o seu cliente, sem interferência de terceiros. Mas o que eles não contavam era que o espaço na memória dos celulares é limitada e, com a quantidade de aplicativos disponíveis no mercado, seria cada vez mais difícil conseguir o download do app da sua marca.

Com a chegada dos chatbots nos aplicativos de mensagens, as empresas encontraram uma alternativa para conseguir falar diretamente com o público-alvo. É importante saber que os chatbots ainda são uma tecnologia nova de inteligência artificial e que estão em constante desenvolvimento.

Já existem cases de sucesso de empresas que utilizaram essa tecnologia para auxiliar o cliente com alguma dúvida e  conseguir finalizar compras.

Uma barreira que ainda existe no Brasil é que o aplicativo de mensagem mais utilizado no país é o WhatsApp, que ainda não tem essa tecnologia disponível, mas acredita-se que em breve o cenário mudará.

TENDÊNCIA #3 – Conteúdo efêmero

No nascimento das redes sociais, o objetivo era o compartilhamento de experiências pessoais relevantes e que ficariam disponíveis para consulta por período indeterminado. Em seguida, as pessoas começaram também a utilizar esses canais como um meio de se manter atualizado com as principais notícias, afinal, os algoritmos inteligentes das redes sociais já faziam o papel de selecionar aquilo que seria mais interessante para você, baseado no seu comportamento.

Quando o Snapchat nasceu com a proposta de expor conteúdos efêmeros, muitos céticos disseram que o modelo de comunicação não pegaria. O que aconteceu, na verdade, foi uma mudança de comportamento e o surgimento de uma necessidade de um tipo de conteúdo diferente.

Percebendo essa transição, as empresas passaram a investir também nesse tipo de conteúdo com a intenção de alcançar tal público e, com isso, novos players estão aparecendo, como Insta Stories e o Facebook.

 

TENDÊNCIA #4 – Realidade aumentada e virtual

Não se fala em outra coisa que não seja a importância de oferecer experiência relevante para o cliente. O grande desafio das empresas é conseguir se destacar da concorrência, porém, isso fica cada vez mais difícil, afinal, todas têm acesso aos mesmos canais para se comunicar com o cliente. O que vai ser um diferencial é como você fará isso.

Um recurso que vem sendo bastante utilizado é a realidade aumentada e virtual. Fazer o público se sentir parte do que você faz e permitir que ele experimente o que você pode oferecer pode ser a chave certa para conquistá-lo.

 

TENDÊNCIA #5 – Influenciadores

Essa nova categoria de formadores de opinião apareceu de maneira natural. Sem saber como ou o que fizeram para alcançar grandes audiências, os primeiros influenciadores eram pessoas comuns, que falavam sobre assuntos que gostavam e dominavam e, por transmitir segurança e propriedade, ganharam seguidores que confiavam na sua opinião.

Com o tempo, o consumidor ficou mais cético com a publicidade, e tem se tornado cada vez mais difícil para o anunciante se destacar dos seus concorrentes. Utilizar a voz de influenciadores é uma ótima alternativa, porém é importante ter cuidado para que não pareça “opinião comprada”.

É importante pensar em como se relacionar com essas pessoas, criar vínculos e aproximá-los da sua marca. Quando os influenciadores se identificam com uma marca, eles usam seus canais para falar e seus seguidores conseguem perceber que a mensagem é sincera. Você pode fazer projetos com esses formadores de opiniões e, durante um tempo pré-determinado, convidá-los para festas, eventos e jantares para que eles entendam você e criem uma conexão. Outro ponto muito importante é: não diga a eles, o que podem ou não falar de você. Lembre-se: a mensagem precisa ser e parecer natural, precisa ser algo que eles falariam no dia a dia, pois seu seguidores o conhecem.

Uma outra forma muito inteligente de utilizar os influenciadores é para ter presença nas redes sociais que você não tem budget ou pessoal para investir. Por exemplo, se você não consegue investir em criação de conteúdo com a frequência e de qualidade para o Instagram, escolha um porta voz para fazer isso por você.

Essas são as 5 principais tendências para redes sociais. Porém, é importante que, na hora de avaliar a possibilidade de implementação delas, você pense no comportamento do seu público-alvo, na demanda interna que isso vai gerar e se o retorno que isso trará é viável para você.

Tais Rui

é Especialista de Marketing e Comunicação.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: