Artigos

Hacklist das melhores técnicas de SEO 2018

Dicas de SEO que você pode colocar em prática, ainda hoje, para atrair mais visitas orgânicas para o seu site

 

As auditorias de SEO são uma das melhores maneiras de aprender por que você pode não estar vendo os resultados que esperava. O Google tem mais de 200 fatores de classificação, o que significa que há muitas pequenas coisas que contribuem para o nível de classificação das páginas de resultados do mecanismo de pesquisa do Google (SERPs, na sigla em inglês).

Felizmente, boa parte dos resultados de SEO estão totalmente sob o seu controle. Organizei essa “hacklist” com as melhores técnicas de SEO para atrair mais visitas orgânicas para o seu site.

 

Tempo de carregamento de página

O tempo de carregamento da página refere-se à rapidez com que o conteúdo é carregado em uma determinada página da Web. Obviamente, quanto mais rápido melhor, pois quanto maior for o tempo que o usuário tiver que esperar para consumir a informação do seu site, maior será a chance de ele desistir e abandonar seu site. Quanto maior sua taxa de rejeição, menor serão suas conversões.

Algumas dicas valiosas para melhorar drasticamente sua velocidade de carregamento:

  • Invista em um um servidor VPS que tenha otimização de performance. Caso você não tenha conhecimento técnico, opte por uma VPS gerenciada.
  • Certifique-se de que sua versão do PHP esteja atualizada consultando o seu host.
  • Atualize constantemente sua versão, tema e plugins do WordPress.
  • Instale um plugin de cache de página como o WP Rocket . O cache de páginas armazena temporariamente imagens e páginas da web, reduzindo o atraso do servidor.
  • Implemente o uso de uma Content Delivery Network (CDN), como o Cloudflare, para garantir que o carregamento da página seja consistente, independentemente de onde uma pessoa esteja acessando seu site.
  • Independentemente do plugin de cache específico escolhido, assegure-se de que a compactação JS / CSS e GZIP seja usada.
  • Execute uma auditoria de velocidade para pesquisar os problemas específicos de seu website usando ferramentas como o Google PageSpeed ​​Insights , o GTMetrix e o Pingdom.

 

Estrutura técnica do site

Apesar de a maioria dos profissionais de SEO conversarem sobre conteúdo e palavras-chave, a estrutura técnica de um site é extremamente importante para o bom posicionamento. Basicamente é a maneira como as páginas do seu site se conectam. Quanto mais fácil for para os rastreadores do Google navegar pelo seu conteúdo, melhores serão suas classificações dentro das SERPs.

Aqui estão algumas dicas rápidas e fáceis para melhorar a estrutura técnica geral do seu site:

  • Certifique-se de que os permalinks de nome de postagem estejam ativados, de modo que não haja nenhum excesso de código para atrapalhar a classificação. Para fazer isso, vá para Configurações > Permalinks > Ativar Post Name. Assim suas URLS serão amigáveis.
  • Ative um certificado SSL para garantir que seu site seja compatível com HTTPS. A Cloudflare + plugin de WordPress Really Simple SSL fornecem SSL de maneira simples e grátis.
  • Certifique-se de conectar seu site ao Google Search Console. Isso ajudará você a gerenciar informações sobre as penalidades do Google e outras considerações técnicas de SEO.
  • Verifique se há uma solução de backup em vigor, como o UpDraftPlus , ou uma solução semelhante como o ManageWP ou através do seu servidor de hospedagem.
  • Rastreie links quebrados e defina redirecionamentos quando necessário usando uma ferramenta como o plugin Redirection .
  • Se você publicar muito conteúdo, considere configurar os artigos instantâneos do Google AMP e do Facebook .
  • Envie um arquivo robots.txt e sitemap XML para o Google. O WordPress faz isso automaticamente ao usa um plugin SEO como o Yoast.

Conteúdo / SEO On Page

Após investir na criação de sites, o primeiro passo antes de começar a fazer o seu site crescer é trabalhar bem o SEO OnPage que é tudo aquilo que está dentro da sua alçada, melhorias internas no seu site.

Para isso é importantíssimo que você comece a produzir conteúdo de acordo com as palavras-chaves que os usuários buscam. Faça uma pesquisa de palavra-chave, estude e crie um texto em cima de uma palavra-chave que você já sabe que tem procura.

 

Do compartilhamento social à otimização de título e subtítulos, aqui estão algumas tarefas que podem impulsionar a performance do seu site:

  • Instale um plugin de verificação de SEO / legibilidade na página, como o Yoast SEO . O Yoast é facilmente integrado ao WordPress e destaca áreas específicas de conteúdo que podem ser melhoradas.
  • Crie um calendário editorial para organizar os esforços de marketing de conteúdo e garantir consistência nas suas publicações (um sinal de classificação do Google).
  • Realize pesquisas de palavras-chave usando o Google Keyword Planner (gratuito) ou o Ahrefs (pago).
  • Escreva pelo menos 500 palavras por post para evitar ser marcado como “conteúdo limitado” pelo Google. O número de palavras de um post tem influência nos fatores de ranqueamento.
  • Implemente 2 links internos e externos a cada 500 palavras.
  • Use um plugin de postagens relacionadas, como as Contextual Related Posts, para criar links internos mais naturais e reduzir sua taxa de rejeição.
  • Configurar os links externos para abrirem em outra aba ou janela – evitando que o visitante saia da sua página.
  • Marque todos os links afiliados como no-follow .
  • Inclua sua palavra-chave no Meta título e meta descrição de suas páginas. Além disso, lembre-se de usar palavras de ação para atrair mais cliques.
  • Incluir palavra-chave no slug da sua página, removendo as “stop words” como conjunções e artigos por exemplo.
  • Pelo menos um subtítulo (H2) deverá incluir sua palavra-chave.
  • Incorpore palavras-chave semânticas para que o Google possa entender melhor seu conteúdo, como por exemplo sinônimos ou plural.
  • Use sua palavra-chave pelo menos 4x a cada 500 palavras para obter uma densidade ideal de palavras-chave (verifique se você está usando suas palavras-chave da forma mais natural possível).
  • Inclua uma imagem destacada, bem como imagens dentro da postagem para dividir o texto e melhorar o tempo gasto na página. Não esqueça de garantir que a palavra-chave seja usada no nome do arquivo e no title e ALT de cada imagem.
  • Insira botões de compartilhamento social em seus posts.

 

Experiência de usuário

A experiência do usuário (UX) não é importante apenas para o seu sucesso no algoritmo do Google, mas também no que diz respeito ao modo como seus clientes pensam sobre você e seu website. Pequenos itens como títulos de páginas e subtítulos dizem aos usuários e ao mecanismo de pesquisa quais são suas páginas, enquanto o chat online facilita a conexão dos clientes com uma pessoa real e as perguntas em tempo real, aumentando a possibilidade de conversão!

  • Adicione um slogan de site ( Configurações > Geral > Tagline ) para facilitar o entendimento dos usuários sobre o site, independentemente da página em que eles acessam pela primeira vez.
  • Adicione um chat online no site para que os clientes possam entrar em contato com você rapidamente.

 

SEO local

O SEO local é essencial se você tem uma localização física ou deseja segmentar clientes em um bairro ou cidade específica. Algumas dicas para se tornar mais visível em sua comunidade:

  • Inscreva-se no Google Meu Negócio .
  • Verifique se você tem uma página de “entre em contato” com o nome completo da sua empresa, endereço, número de telefone e e-mail para cada um dos seus locais.
  • Certifique-se de que os dados como email, endereço e telefone sejam consistentes em todas as contas de mídia social e outras plataformas web.
  • Peça a seus clientes que escrevam avaliações no Google e no Facebook.

 

Imagens e vídeos do site

Mesmo se você for super rigoroso sobre o upload de imagens relevantes para o seu site, é fácil esquecer alguns detalhes importantes na hora de trabalhar as imagens. As classificações do mecanismo de pesquisa consideram coisas como metatags, alt tags e uso de palavras-chave em nomes de arquivos.

  • Cada imagem deve incorporar uma palavras-chave referente ao seu negócio no nome do arquivo, na tag ALT e no título. É extremamente prejudicial que suas imagens sejam nomeadas de qualquer jeito, como por exemplo “DSC83490”
  • Comprima todas suas imagens usando um plugin como o Imagify. Se você não usa um plugin para otimizar imagens, reduza o tamanho do arquivo com o uso de uma ferramenta como o TinyPNG e, para imagens maiores que 1MB sugiro usar a função Save for Web do Photoshop.
  • Ative um plugin de carregamento lento de imagens e vídeos, como o Lazy Load, para que qualquer coisa abaixo da dobra seja carregada apenas quando as pessoas rolarem (melhorando o tempo total de carregamento da página).
  • Comprima seus vídeos com o ClipChamp, mesmo que você perca um pouco da qualidade de imagem

 

Considerações Finais da Hacklist de SEO

Com mais de 200 fatores de classificação do Google, gerenciar o SEO do seu site não é pouca coisa. Mas, como você pode ver, há muitas coisas que você pode fazer ainda hoje para turbinar a performance do seu site. Ao utilizar essa Hacklist de SEO, você conseguirá criar conteúdo que seus usuários poderão encontrar e navegar facilmente quando estiverem no seu site.

Esta Hacklist de SEO serve como um lembrete de que SEO e marketing de conteúdo funcionam juntos e dependem um do outro. Concentrar-se apenas na escrita de conteúdo, na navegação ou na marcação, não o colocará no topo das pesquisas. Assim como fazer apenas backlinks e não produzir conteúdos e otimizações internas, também não te darão um resultado satisfatório.

Caio Nogueira

é Co-fundador e desenvolvedor de sites Wordpress na empresa UpSites Digital. Apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que ajudem empresas e pessoas a aumentar as vendas, gerar leads e contar histórias”

Comentários

PUBLICIDADE