Artigos

Fidelização de clientes em longo prazo

Hoje, com a correria do dia a dia, uma marca pode muito bem passar despercebida. Portanto, ela deve saber comunicar de forma criativa usando os canais de comunicação certos para fidelizar seus clientes. Este processo, apesar de ser mais longo, permite construir uma base de clientes mais sólida e acaba ajudando a consolidar a presença da marca no mercado.

 Selecionamos umas das principais estratégias para ajudar uma empresa a aprimorar suas atividades de marketing e construir uma marca mais coerente. Ao analisar o sucesso e os dados de algumas campanhas, veremos como uma marca aumenta sua popularidade e como uma empresa – grande ou pequena – fideliza seus clientes, mesmo com um orçamento limitado.

 

Tendência número 1: criar parcerias estratégicas

Um exemplo para facilitar a compreensão: a Wix fez parceria com os jogadores do Manchester City Football Club em uma campanha da all-star, que premiou um usuário da Wix na América Latina. As duas marcas se associaram nesta campanha multi-países que, além de recompensar o vencedor, também desenhou paralelos entre o compromisso dos dois grupos com seus respectivos públicos.

Por meio desta parceria, ambas as empresas identificaram sinergias para determinar quais atividades de marketing aplicar e como alcançar seus respectivos objetivos de maneira autêntica no mercado latino-americano.

 Ao alavancar o público e o alcance de um parceiro, uma empresa pode acessar novos segmentos de mercado e criar confiança. Essas parcerias podem ser de pequena escala, como um programa de fidelidade com um comércio local, ou não. Mas significam a possibilidade de promover as agendas de cada um ao adicionar uma nova camada ao marketing mix.

 

Tendência número 2: os influenciadores

Tal como aconteceu com a campanha do Manchester City na América Latina, definir os influenciadores certos impacta no sucesso de uma campanha. Trata-se da ciência comportamental: não costumamos confiar no que é desconhecido, por isso, tanto para uma pessoa estranha quanto para uma marca, o processo de familiarização passa pela aprovação subconsciente, que leva pessoas a se sentirem como se estivessem gravitando naturalmente em direção ao novo conceito. A partir daí, são tomadas medidas graduais para avaliar o interesse e desenvolver conversões. Pense nisso como o funil de marketing, ou seja, uma maneira de criar uma história coerente que familiarize as pessoas com o novo conceito que está sendo promovido.

 Em vez de forçar as pessoas a enfrentarem constantemente novas mensagens ou imagens, é mais fácil usar uma voz ou um meio reconhecível para apresentar a mensagem principal. Os influenciadores formam uma ponte narrativa, criando uma pegada digital confiável.

Isso é parecido com a tendência Spotify, em que as pessoas confiam em novas músicas quando são combinadas com músicas antigas. Quando os influenciadores falam sobre sua marca, as pessoas entendem melhor sua mensagem por meio de uma lente reconhecível.

 

Tendência número 3: a mídia digital

Ao desenvolver a familiaridade por meio de parcerias estratégicas e influenciadoras, os canais digitais também servem para fechar o funil. Assim, os canais criam um circuito de comunicação que direciona o público para canais específicos e que fazem sentido para o segmento, enquanto também ajudam a obter mais feedback durante o período de teste.

Por exemplo: este ano estima-se que o setor de smartphones no Brasil irá alcançar 65,7 milhões de usuários, levando os principais marqueteiros a planejar campanhas de marketing​​ adaptadas aos dispositivos móveis, que possam facilitar um maior compromisso. Vídeos, fotos, textos adaptados às telas e as mensagens adaptadas aos dispositivos móveis criam uma abordagem em camadas visíveis, podendo ser compartilhada, curtida e vista.

Da mesma forma, para a campanha Manchester, as redes sociais, os vídeos e o envio de mensagens tornaram-se canais importantes. O vídeo foi usado para construir uma campanha online que não só apresentou o nosso produto, como também nos ajudou a entender melhor a interação com o usuário. Ao fornecer conteúdos altamente atraentes e visuais, as pessoas puderam interagir mais facilmente com a marca, criando assim uma experiência participativa e comunicativa.

Vivian Hernandez

é Head de Comunicação e PR da Wix para a América Latina.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: