Artigos

Construindo propósitos de marca

Como uma marca continua a ser autêntica na busca de propósito? E como saber onde é o território mais adequado para se atuar?

 

Na era das mudanças rápidas e intensas e da constante transformação digital, a transparência entre marcas e seus públicos é cada vez mais importante. Junte isso com o fato de que as pessoas estão mais socialmente conscientes e à procura de uma empresa que reflita seus valores. A pressão e a responsabilidade para entregar o valor da marca é muito maior. Esta pressão é sentida em todo o negócio, implicando fornecedores, gerenciamento de cadeia de suprimentos, estratégias de experiência do cliente e, finalmente, publicidade e marketing.

As pessoas estão se identificando e se alinhando com marcas que compartilham seus valores e aspiram a uma finalidade maior, além de meramente vender seu produto. Em uma pesquisa realizada pela Nielsen, descobriu-se que 66% dos consumidores pagarão mais por produtos e serviços de empresas que se comprometerem a produzir um impacto social e ambiental positivo.

Em muitos casos, um produto ou serviço por si só não é mais suficiente para atrair e manter seus clientes. As pessoas querem que as marcas definam e contribuam para um propósito maior – de forma a se enxergar que a empresa inova ou usa sua força para o bem de uma maneira comprometida e autêntica.

Existem dois elementos fundamentais para estabelecer qual é a missão certa para sua marca. Em primeiro lugar, essa missão faz sentido e alinha-se ao DNA e os valores de sua empresa? Em segundo lugar, você pode comprometer-se a gerar mudanças genuínas – apoiando a causa em todo o negócio e fazendo a diferença na comunidade em geral?

Ao pensar nas áreas em que a sua marca deve estar presente, você também deve considerar a diversidade em torno da mesma, capacitando e fortalecendo pessoas dos mais diferentes perfis, fazendo uma diferença tangível em todo o mundo.

Na minha opinião, as marcas voltadas a um propósito não são mais uma opção, são a regra. Com empresas privadas colocando sua força à prova, quando se trata de gerar mudanças genuínas – através da inovação de produtos, influência em políticas governamentais e mais – as pessoas não esperarão nada menos. O jornal norte americano The Guardian informou em um artigo de maio de 2015 que as pessoas gastam 46% mais com marcas que investem tempo e esforço na conexão com os clientes de forma significativa. E globalmente, duas em cada três pessoas (67%) prefeririam trabalhar para uma empresa socialmente responsável.

A busca por um propósito autêntico não é apenas um desafio de marketing, é uma jornada comercial de descoberta que continuará impactando o sucesso de uma marca. As pessoas sabem que podem fazer mais para retribuir à sociedade e ao mundo em que vivemos. Tomar decisões conscientes sobre onde comprar, de quem comprar ou mesmo para quem trabalhar é uma maneira rápida e fácil de fazer a diferença naquilo que você acredita. Defender e comunicar o que a sua marca representa por meio de posicionamentos autênticos, dá às pessoas algo para alinhar às próprias compras, tornando você uma escolha fácil.

 

Este artigo foi produzido em parceria com Kathllen Hall, CVP Brand, Advertising and Research, Microsoft

Jane Graziele

é Marketing Lead para América Latina de Microsoft SearchAdvertising. Com mais de 17 anos de experiência em marketing digital, tem atuado no planejamento e execução de programas de marketing com foco em resultados, em empresas de tecnologia e e-commerce como Dell e Americanas.com. Também foi professora universitária lecionando e-commerce e marketing digital em Porto Alegre - Rio Grande do Sul.

Comentários

PUBLICIDADE