Artigos

Como criar conteúdos atrativos na era do Marketing 4.0

Podem dizer o que quiserem, mas quem ignora criar conteúdos visuais, está fadado ao fracasso. Hubspot mostra que:

93% da comunicação do ser humano é visual 

Não que o fracasso por si só seja ruim – ele sempre gera aprendizados – mas há de concordar que podemos desde já fazer conteúdos ainda melhores em 2017.

Entender como funciona o cérebro humano, a maneira como as pessoas se relacionam umas com as outras e suas necessidades (alô, pirâmide de Maslow) dá mais insumos para produzir conteúdos com alto poder de engajamento, especialmente para os consumidores atuais. Afinal, o que nós vemos, tem um efeito absurdo sobre o que nós fazemos, sentimos e de quem nós somos.

 

O que é visual content?

Não é de hoje que o design é considerado determinante para gerar bons resultados de negócios seja em posts de redes sociais, e-mails marketing bem elaborados ou em uma simples landing page. No último RD Summit, uma das melhores palestras, de longe, foi a do Oli da Unbounce. Recebi recentemente uma newsletter dele, em que ele retoma os 3 conceitos para ter efetividade em conteúdos visuais:

Atenção: o princípio NCUCDMSULPD não falha Nunca Comece Uma Campanha DMarketing Sem Uma Landing Page Dedicada! Isso significa que o direcionamento da informação deve ser essencial para garantir a compreensão da sua mensagem de maneira rápida.

Clareza: Simples, a distração é a inimiga da conversão! Textos incompletos, imagens que não correspondem ao que o serviço e/ou produto da empresa faz, são verdadeiras inimigas para fazer o consumidor fugir e nunca mais voltar.

Foco: design foi feito para amenizar a confusão – além de gerar alegria – e direcionar a atenção das pessoas para o que realmente importa.

Considerando que o cérebro humano capta mais de 90% de conteúdo imagético, não há dúvida de que seja de extrema importância desenvolver estratégias considerando o design como diferencial competitivo.

Podemos dizer então que:

  • Visual content é criar conteúdos além de textos que sejam impactantes
  • Visual content  é baseado em criar elementos visuais que geram engajamento
  • Visual content  é humanizar conteúdos para que as pessoas sejam impactadas positivamente 

 

Por que conteúdos visuais são importantes?

A internet hoje é um dos principais meios de interação entre as pessoas e se nós estamos em redes sociais é para sermos aceitos e para ajudar uns aos outros.

Veja o que diz o estudo The Psychology of Sharing do New York Times sobre os 5 motivos do porque as pessoas compartilham conteúdos nas redes sociais:

1 – Para gerar valor e entretenimento para outra pessoa: 94% dos entrevistados consideram cuidadosamente a informação que compartilham para que seja útil a outra pessoa.

2 – Para se definirem para os outros: Um total de 68% dos entrevistados disse que compartilham para mostrar as pessoas um pouco de quem eles são e sobre o que eles se importam.

3 – Para evoluir e manter seus relacionamentos: Um total de 78% dos entrevistados disse que compartilham conteúdos porque permite com que eles estejam conectados com pessoas que nem sempre eles tem tanta proximidade.

4 – Para se auto-realizar: A maioria dos entrevistados (69%) disse que compartilham uma informação porque isso os permitem se sentirem mais envolvidos com o mundo.

5 – Falar sobre as causas que importam: Um total de 84% disse que compartilham conteúdos porque eles consideram que é uma forma de apoiar causas sociais ou questões de que eles se interessam.

 

E o que isso tem a ver com marketing 4.0?

TUDO! Já está um pouco batido dizer que estamos na era do marketing voltado ao ser humano, Kotler aborda muito bem esse conceito em seu livro Marketing 3.0.

Em seu mais novo lançamento Marketing 4.0: Moving from Traditional to Digital, ele vem quebrando qualquer paradigma sobre o tema, afirmando que:

“O consumidor de hoje tem menos tempo e atenção para dar à sua marca – e ele está cercado de alternativas a cada passo do caminho. Você precisa se destacar, ganhar sua atenção e entregar a mensagem que ele deseja escutar.”

 

Portanto já não é mais possível desconsiderar a capacidade que o ser humano tem de compartilhar informações úteis. O futuro do marketing está baseado em criar produtos e serviços que refletem os valores mais humanos. Ignorar tal fato, é perder facilmente oportunidades em se tornar autoridade em uma era onde o conteúdo é rei e o visual com certeza é a rainha – menos talvez do que a autenticidade. As marcas precisam transformar pessoas, direcionando seus esforços em tornar a vida das pessoas melhores e elas podem fazer isso de uma maneira mais efetiva com conteúdos visuais.

 

Como criar conteúdos visuais nesta nova era, então?

Existem inúmeros aplicativos que podem ser usados para criar conteúdos visuais de alto impacto e vou citar alguns deles por aqui que costumo usar e que eu recomendo. Até onde eu li do livro Marketing 4.0 de Kotler, um bom conteúdo visual deve antes de mais nada:

  1. Gerar confiança:envolver o consumidor com transparência eleva o nível de relacionamento e pode gerar boas chances dele acreditar mais na marca. Vi isso na prática quando participei do 1º open innovation da multinacional Sonae, administradora de shoppings centers que revolucionou o varejo em 2015 lançando o primeiro projeto de inovação aberta de maneira totalmente colaborativa. Apoiar-se em co-criação hoje em dia pode ser a chave em elevar o nível de confiabilidade entre a marca e o consumidor.
  2. Ser consistente:uma linguagem coerente e que faça sentido para o consumidor, pode ser a garantia de um envolvimento a longo prazo. Uma integração completa entre ambos os meios on e offline é o futuro de um mundo muito mais conectado; uma linguagem consistente reflete no poder de decisão do consumidor que pode lembrar de uma marca com mais facilidade no futuro.
  3. Transmitir autenticidade:as pessoas são sensíveis a marcas que geram experiências poderosas. Seja em posts nas redes sociais ou recebendo newsletters em suas caixas de entrada, consumidores precisam se envolver com conteúdos solucionadores. Indiscutivelmente o poder da transparência gera valor para fazer as pessoas colocarem a mão no bolso e a se envolverem emocionalmente com a marca.

 

Aplicativos que eu uso e recomendo

 

Adobe Spark Post e Adobe Spark Video

Sou adober fan de carteirinha e eles realmente souberam fazer dois apps fáceis e intuitivos tanto para criar imagens quanto vídeos. Contêm inúmeros templates que você pode usar de inspiração para criar seus próprios conteúdos – além de serem gratuitos.

 

Canva

Se você gostou do Adobe, Canva é tão ou mais intuitivo, além da possibilidade de usá-lo através do desktop. Há inúmeras opções de templates semi-prontos para você evoluir seu conteúdo e aplicar de acordo com sua necessidade – também gratuito.

 

Over

O melhor dos melhores, na minha opinião! Já atualizaram seus templates com a nova dimensão vertical que o Facebook disponibilizou de 1000 x 1300px, portanto há inúmeras possibilidades. As imagens são maravilhosas e recomendo segui-los no Instagram para se inspirar. Vale a pena pagar o PRO mensalmente para ter ainda acesso com ferramentas bem poderosas.

 

E aí, preparados para a era de conteúdos visuais 4.0?

Ana Talavera

Potterhead desde sempre, especialista em Marketing Digital e Social Media pela São Paulo Digital School e certificada pela Rock Content. Passou pelas maiores agências de publicidade do Brasil: Publicis Brasil, Havas Digital e Ogilvy Brasil gerindo contas digitais de vários segmentos e hoje atua com Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing com o objetivo de alavancar negócios e fazer mundo um lugar melhor através da tecnologia.

Comentários

PUBLICIDADE