Artigos

5 Passos para deixar seu site otimizado para SEO

Imagem: tela com o mouse em cima da sigla SEO.

SEO é um conjunto de técnicas que permitem colocar o seu site nas primeiras posições quando algum mecanismo de busca, como por exemplo o Google, é utilizado. Por mais que alguns pensassem que era necessário pagar para aparecer primeiro (realmente é possível fazer isso), a maioria dos resultados da busca são numerados pelo seu score. Até mesmo aqueles que são pagos perdem sua posição no final da campanha.

O tráfego orgânico tem sido a espinha dorsal de muitos negócios digitais, até porque ele acaba sendo a maior fonte de captação de leads e vendas automáticas. Quem nunca desejou criar uma base enorme e-mails sem precisar gastar um centavo com tráfego pago? Mas já vou adiantando que SEO não significa a extinção do tráfego pago, até porque várias páginas que já estão em primeiro lugar nas buscas ainda investem neste tipo de marketing.

Sendo assim resolvi trazer aqui alguns meios que irão fazer com que seu site esteja otimizado. Mais precisamente serão falados de 5 passos incríveis para que você consiga ter os melhores resultados possíveis.

Presentão Fim de Ano

Como deixar seu site otimizado para SEO

Antes de começar me sinto na obrigação de falar sobre alguns itens essenciais do assunto. Primeiramente é preciso indexar o seu site ao Google através de um sitemap. Não há necessidade de pânico, afinal de contas várias ferramentas gratuitas fazem isto automaticamente. Às vezes até mesmo o serviço de hospedagem já conta com este tipo de ação.

Isto é necessário, pois o Google utiliza pequenos “robôs” que são códigos que leem todos os sites indexados. Sem você dizer para o Google que seu site existe, ele nunca será avaliado para SEO. Então tente ter certeza de que o seu site está no ar antes de sair fazendo postagens e trabalhando conteúdos e campanhas de marketing. Lembrando que esses robôs podem demorar algum tempo para captar alterações, ok?

 

Os 5 passos para otimizar seu site:

 

1 – Melhorar desempenho

Primeiramente o Google vai levar em conta o desempenho do seu site. Ou seja, quanto tempo ele vai gastar sendo carregado. Quanto mais pesado for o site, mais tempo ele vai demorar, e quanto mais pessoas demorarem para acessar, pior será sua pontuação. Felizmente não há motivo para pânico, este problema pode ser resolvido com dois tipos de plugin.

Um para a criação de cache, com ele você deixa salvo no computador da pessoa partes do seu site. Assim ele irá ter um carregamento mais rápido nos próximos acessos. Além disso você também pode melhorar a velocidade utilizando algum tipo de plugin para compactar as imagens do seu site. Elas são os itens mais pesados da página, cortar algumas para uma qualidade inferior normalmente resolve o problema.

 

2 – Links internos

O Google deseja saber se você tem uma espécie de coerência na hora em que está escrevendo. Se você deseja mostrar que tudo o que você escreve está girando dentro de um mesmo assunto é preciso criar o que chamamos de link interno. Ou seja, você irá colocar links no seu texto que irão apontar para o seu próprio domínio. Não é uma tarefa tão difícil assim, porém não se esqueça de colocar eles em uma ordem lógica.

Não existe um limite aparente, mas é bom colocar entre 3 a 5 no máximo se você está escrevendo um texto com 1000 palavras. Reduzindo o número conforme o tamanho do texto for menor.

 

3 – Escolha de palavras-chave

A palavra-chave é um elemento essencial para o SEO, aliás é ela que diz para onde seus pontos serão calculados. Quando for selecionar a palavra-chave, lembre-se que ela precisa estar com um número de buscas grande o suficiente para ser relevante e pequeno o suficiente para que você tenha chances de atingir o primeiro lugar.

Não adianta tentar competir com páginas que já passaram de milhares de backlinks e que tenham grande aderência nas redes sociais. Por outro lado é pouco sábio tentar ranquear em uma palavra-chave que não possui nenhuma busca mensal. Para quem está começando algo em torno de 100 a 1000 buscas mensais é o ideal!

A escolha de palavras-chave é algo que muitos tem grandes dificuldades, pois existem palavras-chave que convertem, outras que não convertem. Como isso é algo essencial para você ter resultados, é importante ter uma expertise no assunto, mas caso não tenha, um curso de seo como este aqui iria cair bem para você, pois assim você literalmente poderia entender como funciona o Google e multiplicar os seus resultados.

 

4 – Títulos otimizados

Títulos também contam bastante para o SEO, tanto os que ficam em H1 quanto os que serão utilizados para o Snippet do Google. Se você quer saber como criar um é bastante fácil. Primeiramente lembre-se de iniciar o título de preferência com a sua palavra-chave escolhida. Pode ser um pouco difícil, mas se você não conseguir só não se esqueça de incluir a keyphrase lá dentro.

Utilizar números também é considerado algo bastante positivo, principalmente no título SEO. Isto ainda facilita na hora de escrever, pois gera a possibilidade de se criar um conteúdo em lista.

 

5 – Criação de Backlinks

Backlinks são extremamente poderosos para um bom ranqueamento. Na verdade eu te digo que é praticamente impossível alcançar o primeiro lugar sem ter uma boa quantidade deles. Um backlink é um link feito em um domínio qualquer que aponte para o seu. Ou seja, não vale utilizar links internos, eles são descartados.

O Google entende que se você tem muitos backlinks é porque possui muita autoridade no assunto, logo é melhor que você esteja nas primeiras posições. Tente conseguir backlinks trocando com outros blogs do ramo ou então criando guest posts. Há também que compra vários domínios e cria uma rede de blogs privada (PBN), mas além de ser caro você precisa gastar um bom tempo.

Normalmente esta ação é feita por algum profissional da área que também impede que o Google observe a PBN como uma violação do tipo Black Hat.

 

Conclusão

Ainda existem outros passos que você pode implementar. Entenda que quando falamos de SEO nada é demais. Se você se mantém dentro das regras de White Hat é normal que com o tempo a autoridade e pontuação do seu site aumentem e muito. Sendo assim não há nada mais lógico do que fazer com que suas atitudes sejam sempre voltadas a trazer melhorias constantes.

Um bom site com autoridade se constrói com o tempo, pode ser um trabalho de meses ou anos, mas o fato é que muito pode ser melhorado da noite para o dia. Quanto mais você trabalhar para este propósito, mais rápido você vai chegar ao seu objetivo de um tráfego orgânico excelente, então não desista se os resultados não aparecerem nos primeiros dias.

Lembre-se que as verificações dos seus sites não são feitas instantaneamente, pode ser que demorem até alguns dias para que você seja enxergado. O que importa mesmo é não cometer infrações. Infrações demoram para ser corrigidas e podem trazer danos permanentes ao SEO do seu domínio, às vezes vale a pena excluir seu site e começar um novo.

De qualquer jeito o que você viu aqui hoje já deve te dar uma base de por onde é necessário começar.

Vinícius Cota

é empreendedor digital e fundador do projeto SEO Prático, Vinícius Cota é apaixonado por SEO. Em sua jornada já alavancou centenas de sites e gerou alguns milhões de visitantes.

Comentários

PUBLICIDADE