Menu

Artigos

Impacto das plataformas de integração para a migração dos negócios ao mundo digital

O ano de 2020 ficará marcado como o maior em transformação digital para o mundo dos negócios. As empresas estão reestruturando seus processos e absorvendo a cultura digital para manter a produtividade e a eficiência dos processos operacionais e assim garantir a continuidade de suas atividades. Para isso, buscam plataformas digitais de produtividade que forneçam as ferramentas necessárias para os funcionários.

Um dos grandes desafios enfrentados pelas empresas foi mover a força de trabalho para o ambiente remoto. De acordo com os dados da Zoho, 35% das empresas consideram integração entre os serviços de software um dos maiores problemas enfrentados por elas durante a quarentena, com a implementação do trabalho a distância.

Por isso, a chegada de novas plataformas de software que reúnem ferramentas integradas de colaboração, produtividade e comunicação são a solução que muitas empresas nem sabiam que precisavam. Essas plataformas apresentam serviços fortemente mesclados, unificados por meio de inteligências artificiais e com um único painel de acesso, permitindo que as empresas resolvam seus problemas de forma rápida e colaborativa. Um espaço de trabalho totalmente online que permite que os usuários trabalhem juntos de forma intuitiva e segura, para atenderem, colaborarem e cumprirem suas metas de qualquer lugar e em qualquer dispositivo.

Grande parte das empresas precisam de fluxos de trabalho que sejam personalizados, aprofundando o contexto de seus negócios nas ferramentas de comunicação, com segurança e diretrizes de privacidade personalizáveis para facilitar a auditoria e o controle de informações. Essa convergência dentro dos aplicativos de negócio, comunicação, produtividade e colaboração permite que os usuários trabalhem efetivamente dentro das equipes, em toda a organização ou com colaboradores externos.

De acordo com um estudo recente da Zoho e da Beagle Research, 54% dos funcionários de nível empresarial (empresas com mais de 500 funcionários) consideraram os aplicativos com os quais trabalham não intuitivos e difíceis de integrar. Além disso, 40% dos funcionários das maiores empresas pesquisadas (empresas com mais de 4.000 funcionários) disseram que seu trabalho pode ser caótico se trabalhando com várias plataformas ao mesmo tempo.

Isso porque os aplicativos de colaboração vêm de fornecedores que trabalham em silos organizacionais. Hoje, a maioria das empresas usa um fornecedor para bate-papo, outro para e-mail, mais um para reunião, outro para editar um documento, mais um aplicativos de finanças, etc. Cada fornecedor vende seu próprio silo organizacional com um sistema bem produzido, dificultando e tornando o dia a dia de trabalho mais difícil para os colaboradores.

As plataformas unificadas, que incluem desde e-mail, bate-papo, conferência de áudio e vídeo, até armazenamento compartilhado de arquivos e aplicativos para trabalho remoto, permitem que o trabalho se torna mais prático e produtivo, já que os colaboradores perdem menos tempo fazendo com que as antigas múltiplas plataformas conversem entre si, e focando em de fato conseguir resultados e cumprir metas.

Buscar plataformas que proporcionam segurança, privacidade e um sistema operacional integrado entre diversas plataformas pode não ser uma tarefa fácil, mas o retorno em desempenho e satisfação dos colaboradores é essencial em tempos de crise para auxiliar nas mudanças necessárias e conseguir alcançar resultados positivos para manter os negócios e assegurar qualidade nos serviços.

Jonathan Melo

Jonathan Melo é Diretor de Marketing da Zoho Brasil. Tem passagens em grandes empresas de tecnologia e telecom como head de marketing para a América Latina, formado em Administração de Empresas, especialização em Social Media Marketing pela LDS Business College e MBA em Marketing pela Estácio de Sá.

Comentários

PUBLICIDADE