Artigos

A importância do marketing colaborativo e crowdcontent

O que mais influencia seu cliente a tomar uma decisão de compra: um anúncio ou a opinião de um amigo ou familiar? Nos últimos anos, temos visto as discussões sobre a queda confiança na propaganda tradicional ganharem cada vez mais espaço entre profissionais, agências e anunciantes.

Principalmente na internet, mensagens invasivas ou que interrompem a atividade de navegação são cada vez menos toleradas. Pesquisas, como a Nielsen’s Global Consumer Trust Survey, que mostrou que 92% dos consumidores confiam mais no marketing boca a boca e nas recomendações de amigos e famílias do que em outras formas de propaganda, comprovam essa sensação

Em paralelo, com o surgimento de diversas redes sociais direcionadas a formatos e públicos específicos, o ambiente online torna-se cada vez mais favorável à manifestação de opiniões, a produção de conteúdo e à disseminação de informações por parte dos consumidores. Atualmente, mais de 80% do conteúdo online é gerado por pessoas e não por empresas. Estas, lutam cada vez mais por espaço, tentando aparecer no meio de toneladas de informação gerada a cada dia.

Um bom exemplo disso são os posts patrocinados no Facebook. Mesmo que a página de uma marca seja curtida por milhões de pessoas, as atualizações de algoritmos da rede social de Zuckerberg tornam necessário um investimento crescente para que os posts publicados apareçam para esses curtidores, competindo por espaço no newsfeed com fotos de gatos, check-ins em restaurantes e avisos de que pessoas foram tomar banho.

Aproveite o conteúdo que já existe!

A questão é que esse cenário, apesar de parecer inóspito para anunciantes, é extremamente favorável para empresas que souberem aproveitar o poder do conteúdo gerado por seus consumidores. Em vez de empenhar um esforço hercúleo para produzir (e ainda maior para disseminar – ou ‘empurrar’) mensagens que têm grandes chances de serem ignoradas, por que não encontrar, agregar, repercutir e valorizar o conteúdo de qualidade produzido pelo próprio público? Ele já está na rede, disponível para quem quiser ver!

Acredito que, cada vez mais, o crowdcontent e o marketing colaborativo serão o coração das estratégias de marketing das empresas na internet, por dois motivos principais:

–  O conteúdo supera os limites de redes sociais. Uma marca que reconhece a importância do conteúdo como um ativo da empresa, consegue pensar a longo prazo, criando uma estratégia de comunicação sólida, capaz de sobreviver à decadência e ao surgimento de novos canais sociais. O mais importante é a qualidade e a solidez da informação associada à marca, já que tudo o que é disponibilizado online permanecerá na rede por tempo indeterminado e poderá ser encontrado por pessoas que buscam um produto, um serviço ou uma informação sobre determinada marca, gerando negócios imediatos e no futuro.

–  As pessoas gostam de sentirem-se úteis e influentes, de contribuir e de compartilhar. Se percebem que a empresa valoriza e estimula isso, podem tornar-se os melhores vendedores de seus produtos e os maiores defensores de sua marca.

Assim como todas as ações na internet, essas iniciativas precisam ser aplicadas, testadas, revisadas e otimizadas. Mas, certamente, gerarão um retorno sobre o investimento surpreedente e um valor de longo prazo ainda maior.

Vivian Vianna

é jornalista, trabalha há 5 anos com posicionamento de empresas nas mídias sociais e estuda incansavelmente tudo o que tem a ver com o assunto. Criadora da produtora de conteúdo Tailor Made Content.

Comentários

PUBLICIDADE