Menu

Notícias

[Expo Digitalks 2019] O avanço das estratégias de marketing digital no Brasil

Pesquisa exclusiva Digitalks-Opinion Box divulgada durante o Expo Fórum Digitalks 2019 revela que o profissional brasileiro ainda é conservador e precisa de audácia para ser mais competitivo globalmente

 

Por Isabela Goes*

De acordo com a pesquisa exclusiva do Digitalks, feita em parceria com o instituto Opinion Box, o profissional digital brasileiro possui um perfil mais conservador no que tange ao uso de estratégias de marketing digital e precisa ser mais ousado em relação à experimentação de novas práticas para acompanhar o mercado internacional. Esta é a terceira edição da pesquisa do setor digital brasileiro.

Segundo o COO e Co-Founder do Opinion Box, Felipe Schepers, existe uma correlação direta entre conhecimento e experiência, na qual as cinco estratégias mais conhecidas são também as cinco mais experimentadas. Já entre as cinco menos conhecidas, quatro são as menos experimentadas.

 

Foto: homem no palco.
Felipe Schepers, COO e Co-Founder do Opinion Box, no palco do Expo Fórum Digitalks.

 

Com base nessa informação, Schepers levantou a questão “será que de fato os profissionais se arriscam?”. O questionamento foi feito durante a apresentação da pesquisa na 10°edição do Expo Fórum Digitalks 2019, principal evento de negócios digitais do Brasil, que ocorreu em 28 e 29 de agosto, no Transamérica Expo Center.

Também foram apontadas as ferramentas e estratégias mais efetivas hoje e qual será a mais efetiva em 2020:

HOJE (55% mais efetivas)

  1. Vídeos Online (14%)
  2. Google Ads (12%)
  3. E-mail Marketing (12%)
  4. Pesquisa de mercado online (10%)
  5. Influenciadores (7%)

 

NO FUTURO (51%)

  1. Influenciadores (17%)
  2. Vídeos Online (14%)
  3. Google Ads (8%)
  4. Pesquisa de mercado online (8%)
  5. E-mail Marketing (5%)

A pesquisa de mercado abrangeu 1.028 profissionais de marketing e comunicação, de grandes e pequenas empresas espalhadas pelo Brasil. A pesquisa foi realizada em julho e agosto de 2019 com o propósito de trazer a vivência dos profissionais de marketing e mostrar como eles estão trabalhando com as estratégias digitais em seu ambiente de trabalho diário.

 

O perfil do profissional digital brasileiro

No estudo, foram testadas 22 estratégias diferentes, no qual foi analisado o conhecimento e utilização de cada uma tendo como objetivo entender qual a mais efetiva hoje e qual a aposta dos profissionais de marketing para 2020.

Atualmente, apenas 40% dos profissionais de marketing vêm dos cursos “tradicionais” ligadas ao marketing, como comunicação social, jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e etc. Outros 23% são da área de administração e 37% são de cursos diversos.

Dentre essas 1.028 pessoas, 7% falam que, com toda certeza, pretendem sair de suas atuais empresas nos próximos 12 meses, 24% dizem que provavelmente sairão, 21% dizem que não sabem e apenas 19% falam que não sairão de suas atuais empresas nos próximos 12 meses.

O conhecimento foi apontado como elevado, tendo, em média, cada profissional o conhecimento de 17 das 22 estratégias apresentadas. As sete mais conhecidas foram: pesquisa de mercado online (97%), vídeos online (96%), E-Books (96%), Blog (96%), E-mail marketing (94%), influenciadores (92%) e Google Ads (91%). Já as menos conhecidas foram: Inbound Marketing (68%), Machine Learning (67%), Native Ads (60%), Growth hacking (56%) e SEM (52%).

 

Para ousar: dicas para avançar nas estratégias de marketing digital

O Co-Founder da Opinion Box, por fim deu algumas dicas para ajudar os profissionais do marketing digital a se tornarem mais ousados com responsabilidade:

  1. Um passo de cada vez: comece trabalhando em uma única estratégia antes de sair realizando várias de forma incompleta;
  2. Dê preferência por estratégias que você se sinta mais a vontade para utilizar;
  3. Faça testes e pilotos antes de dedicar muitas horas ou verba em uma estratégia só;
  4. Existem muitos materiais gratuitos na internet para quem quer aprender o básico;
  5. Não tente sempre internalizar tudo, há diversas empresas especializadas que podem lhe ajudar com seus objetivos.

Schepers ainda convidou os profissionais a realizar um teste de dados para saber se o grau que sua empresa é data driven. Confira AQUI!

* Isabela Góes tem 20 anos, é aluna de Publicidade e Propaganda na Faculdade Cásper Líbero e é apaixonada pelo poder da comunicação e como ela impacta a sociedade.

Comentários

PUBLICIDADE