Artigos

Machine Learning: entenda os desafios e os benefícios dessa ferramenta

Veja os principais desafios que a implantação do Machine Learning pode trazer e esteja preparado para utilizar essa tecnologia com sucesso

 

Imagem de um robô branco. Ele está de pé e com a mão direita no queixo e olha para ícones interligados em uma espécie de rede. Alguns desses ícones são: wi-fi, fábrica, globo terrestre, navio e etc.

Inovar, se destacar e ter credibilidade sempre foram grandes objetivos para conseguir ter um negócio de sucesso. Mas qual ferramenta poderia ser uma boa opção para alcançar esse objetivo? Entre as possibilidades, nos depararmos com a implantação de Machine Learning.

A Machine Learning (ML) é, basicamente, o conceito que permite que as máquinas, a partir da análise de dados, aprendam a pensar, executar tarefas e prever resultados. Sendo suas principais funções: categorizar (atividade com supervisão humana) e sugerir algo (atividade sem supervisão humana, sendo então, uma sugestão do próprio sistema após uma análise de dados).

Mas, como toda mudança, a implantação da ML no sistema da sua empresa pode apresentar alguns desafios. Veja alguns deles a seguir.

Encontrar especialistas

O mercado de especialistas dessa área (cientista de dados) tem se tornado cada vez mais escasso, o que pode dificultar para ter o melhor desenvolvimento do seu projeto usando a ferramenta.

 

Qualidade dos dados

Por muitas vezes, o banco de dados das empresas não possui organização nem mesmo aprofundamento em determinados assuntos. Esse fator pode dificultar a análise das informações e levar a um resultado menos assertivo.

 

Insegurança

O medo de ter seu trabalho substituído por uma máquina ainda ronda muitos trabalhadores, e isso desencadeia a rejeição à implantação da Machine Learning na empresa. Mas o que muitos não imaginam, é que na verdade isso não levará a substituição do serviço humano, e sim, a otimização do tempo dele e outras diversas vantagens.
E no que exatamente a ML pode colaborar na sua empresa?

 

Objetivo e precisão

Com a possibilidade de analisar alto volume de dados complexos, a Machine Learning aprende padrões de busca, comportamento e preferências, levando a resultados objetivos e assertivos. Assim, otimiza a experiência de quem tiver contato com ela (seja um agente da equipe de sua empresa ou um cliente) e garante um serviço personalizado.

 

Agilizar e aperfeiçoar processos

Com o uso dessa ferramenta é possível fazer processos que demandariam trabalho manual e analítico muito demorado e cansativo, serem automatizados e acelerados. Um exemplo disso, é o recrutamento de pessoas para uma vaga de emprego. Antes, o RH era responsável pela seleção dos currículos e análise de cada um, para a partir disso, selecionar o candidato adequado ao perfil da vaga. Hoje, a ferramenta pode ser programada para aprender os padrões dos currículos e fazer todo o processo de forma simples e rápida.

 

Prevenção de fraudes

Esse sistema, a partir da percepção de anomalias entre os padrões de um determinado processo, detecta fraudes e ameaças. Um bom exemplo disso, são os alertas que recebemos ao comprar ou movimentar nossa conta bancária de maneira não muito comum, e logo em seguida somos notificados para a certificação se aquilo foi feito por nós ou não.

E você? Tem cogitado a ideia para seu negócio?

Thiago Buchler

é sócio na GTC, responsável pela gestão de todas as operações da empresa, coordenação de equipes e desenvolvimento de projetos, estando também à frente dos projetos de tecnologia

Comentários

PUBLICIDADE