Notícias

Como o e-commerce de moda pode crescer utilizando estratégias de marketing digital

O desafio do e-commerce de moda é unir o mindset inovador à tecnologia para criar ações de marketing digital mais eficientes

 

*Por Bianca Borges

 

Na indústria da moda, a inovação não é algo recente. Inovar é parte do mindset de grandes estilistas e criadores de moda. Esse mercado tem crescido a cada ano e, para 2018, de acordo com o estudo “State of Fashion 2018”, realizado pela McKinsey, o consumo de moda na média global deve crescer entre 3,5% e 4,5%. Já na América Latina, a projeção de crescimento esperada é de até 6%. É fato que grande parte da expansão do setor deve-se à criação de novos e-commerces e, claro, a aceitação dos clientes em relação à possibilidade de fazer compras no ambiente online.

Com clientes cada vez mais conectados, a concorrência do mercado de moda online aumenta a cada dia. O desafio agora é aplicar o mindset inovador, que já faz parte da rotina dos profissionais de criação de moda, também na hora de fazer o marketing dos produtos e da marca em si.

Além de oferecer bons preços e um excelente atendimento, o varejo de moda online precisa apresentar um diferencial a mais para chamar atenção dos clientes. De acordo com Luisa de Abreu, estrategista de marca e especializada em Comunicação de Moda, que concedeu uma entrevista exclusiva para o Digitalks, um dos diferenciais para chamar atenção do consumidor pode ser o marketing de conteúdo.

“Conteúdo de qualidade pode inspirar a compra e o desejo. Conteúdo de moda é muito mais do que apenas moda. Muitas marcas deste ramo criam um blog para apenas “estar lá”. Citam uma tendência ou duas, colocam alguns produtos e acham que o trabalho está feito. A moda é inspiracional, as marcas não vendem apenas produtos, e sim uma experiência de marca.  A moda engloba um estilo de vida, tem a ver com comportamento e pode cobrir diversos tipos de necessidades diferentes. As marcas precisam saber o que seus consumidores querem e ser notáveis na promoção de produtos, criando apelo emocional, benefícios para o consumidor e um vínculo verdadeiro com seus seguidores”.

Luisa deu o exemplo da marca Insecta Shoes que não utiliza produtos de origem animal para fabricar os seus calçados. Para enfatizar essa opção da marca, o site contém diversos conteúdos relacionados à sustentabilidade que chamam a atenção do leitor para o tema.

 

Como produzir um conteúdo que inspire os consumidores do seu e-commerce?

Segundo a estrategista de marcas, é importante fazer uma análise da coleção da sua empresa e saber quais são os itens básicos, os mais vendidos, e quais tendências estão relacionadas com a coleção para gerar conteúdo inspiracional com fotos e/ou textos, mostrando como usar peças que estão à venda, por exemplo.

Outra forma de inspirar consumidores, de acordo com Luisa, é gerar conteúdo em parceria com famosos, influenciadores digitais ou clientes.

A Amaro recentemente fez uma parceria com a modelo Duda Almeida, na qual ela escreve sobre a cidade de Barcelona e quais roupas ela usou lá no verão  (o tema tem a ver lifestyle das suas consumidoras). Também destaco o conteúdo online gerado pela Schutz e Shoulder.O feed de conteúdo pode estar em um blog ou diluído no e-commerce, em pontos estratégicos.”, ressaltou a especialista.

Além disso, quando pensamos em conteúdo para e-commerce, além dos textos com assunto relacionados à moda e outros tópicos que façam parte dos valores e das referências que a marca quer passar ao cliente, é importante pensar na disposição dos itens do seu site de forma estratégica, além de dar uma atenção à descrição dos produtos.

“Um e-commerce com centenas de produtos “soltos” pode deixar o cliente confuso e com dúvidas. Temos que considerar que o e-commerce é uma extensão da loja física, e tentar oferecer a mesma experiência na loja online. Como? Fazendo uma curadoria que inspira e direciona as pessoas. A maneira que as roupas estão dispostas nas lojas e vitrines é estratégica e, por isso, é importante destacar promoções e itens por categorias para facilitar a compra nos e-commerces”, indicou Luisa.

Utilize as Redes Sociais para dar upgrade na sua loja online

Antes de divulgar qualquer post em uma rede social é necessário avaliar se a mídia escolhida está de acordo com o perfil da marca e da sua audiência, e se uma possível divulgação preencherá os objetivos de comunicação que você planejou.

Sem dúvida, hoje, o Instagram é uma das mídias mais utilizadas pelas marcas que querem promover seus produtos, isso porque, a rede social é totalmente focada na parte visual e na utilização de imagens.

 

Confira algumas dicas da Luisa para criar um conteúdo relevante no Instagram:

  • Tenha um plano de conteúdo de curto e longo prazo, e um calendário;
  • Parta de um conceito e conte histórias. Capriche nas legendas, mas não use mais do que três hashtags por postagem. Hashtags bem usadas promovem marcas;
  • Priorize uma estética sensorial, com imagens apelativas que fortaleçam a identidade visual;
  • Os produtos são o elemento central da comunicação, mas não fique apenas falando disto – fale da marca e seus valores, e da empresa em nível corporativo também;
  • Escute seus seguidores: eles compartilham experiências, oferecem feedback e sugestões, discutem ideias, buscam suporte e atendimento;
  • Faça perguntas, peça feedback sobre você, pesquise sua concorrência, responda a pedidos, faça parte das discussões, seja educado;
  • Ofereça benefícios, amplie sua base de amigos, construa sua marca.

 

Tecnologia a favor dos e-commerces de moda

Além de conteúdos relevantes e presença constante nas redes sociais, a tecnologia é uma forte aliada dos e-commerces de moda. Durante a entrevista para o Digitalks, a especialista em Comunicação de Moda, comentou que a aplicação de tecnologias como inteligência artificial, impressão 3D, a bio e a nanotecnologia já estão impulsionando inovações nesse mercado. Ela dá um exemplo:

“Posso citar como exemplo o conglomerado chinês Alibaba, que está usando a inteligência artificial para aprimorar a descrição de produtos. [A empresa] desenvolveu um “espelho inteligente”, que traz informações de produtos de modo automático e sugere combinações de roupas a partir do que o cliente toca ou experimenta. Além disso [o “espelho inteligente] indica onde determinado produto está localizado dentro da loja”.

Exemplo de um outro conglomerado de moda que tem investido fortemente em tecnologia é a Inditex. Uma das redes de lojas que fazem parte desse grupo é a Zara, que esse ano lançou inovou com caixas automatizados e robôs operando no estoque.

A Estrategista de Marcas, Luisa, também citou os chatbots e os wearables como tecnologias que serão cada vez mais utilizadas pelas marcas de moda. Segundo ela, os chatbots ajudarão na experiência de compra, no atendimento, vendas e marketing, para concluir pagamentos e rastrear produtos. Burberry, Tommy Hilfiger, H&M e Levi’s são algumas marcas que já apostam nessa tendência. Já os wearables  serão adotados mais lentamente pelas marcas para auxiliar na produção de roupas e acessórios inteligentes.
.
Uma dica que fica para as marcas de moda e os profissionais de marketing que atuam nesse mercado é nunca deixar de inovar. Como frizou Luisa:

“Não basta ser disruptivo apenas uma vez, as empresas e profissionais precisam ser disruptivos constantemente, ou sempre! Na moda e fora dela”.

 

Quer saber mais sobre como o mercado de moda pode crescer utilizando estratégias de marketing digital e tecnologia? Então assista, no dia 5 de setembro, a partir do 12h50, o PAPO DIRETO com Luisa Abreu (ACLA Conteúdo) e Daniel Tutida (Eu Nerd) no palco Experience do EXPO Digitalks 2018

 

*Bianca Borges é jornalista formada pela Universidade Anhembi Morumbi. Analista de Conteúdo no Digitalks, também tem experiência nas áreas de assessoria de imprensa e gestão de mídias sociais. Gosta de escrever sobre diversos assuntos mas, atualmente, seu foco é o Marketing Digital. 

EXPO FÓRUM DIGITALKS 2018 » Quer participar da edição 2018?
Confira as condições especiais para compra antecipada e descontos em passagem aérea e hospedagem. Garanta sua vaga ;)

Comentários

PUBLICIDADE