Menu

Indicadores de Mercado

Como as marcas estão utilizando o Marketing de Conteúdo

Sprinklr publica white paper que mostra como as marcas podem usar o Marketing de Conteúdo para fidelizar clientes no digital e apresenta os conteúdo que mais performam nas redes sociais

 

Todos os dias mais de 1 bilhão de horas de vídeos são assistidas no YouTube e 100 milhões no Facebook, 500 milhões de tweets são publicados, 95 milhões de fotos são postadas no Instagram e mais de 60 bilhões de mensagens são trocadas pelo WhatsApp e Facebook Messenger. Como ficam os conteúdos criados pelas marcas no meio dessa avalanche de informações?

Para ajudar empresas e agências a criarem conteúdos assertivos e que performem em social, a Sprinklr, empresa de tecnologia que oferece soluções para gestão de experiência social com o consumidor, desenvolveu um white paper explicando o que é Marketing de Conteúdo e dando dicas de como executá-lo.

O material “Marketing de Conteúdo: A grande aposta para as marcas” descomplica a técnica que já vem sendo usada por mais de 80% das empresas B2B e B2C nos Estados Unidos (segundo dados do Content Marketing Institute), fornece as características de cada rede social que devem ser levadas em conta no momento da criação dos conteúdos e mostra cases de sucesso de empresas que já assimilaram o tema em sua execução diária, como Friboi, Veet e Catuaba Selvagem.

Confira os principais destaques de cada rede social:

 

Facebook

A ordem de engajamento de mídia no Facebook funciona assim: textos e links empatados; em segundo lugar as fotos, com duas vezes mais engajamento; e o formato preferido é o vídeo, com 5 vezes mais engajamento que as fotos. Os usuários comentam 10 vezes mais em vídeos “live” que gravações.

O maior exemplo de Facebook Live já feito até hoje foi o vídeo da Katie Stricker Curtis, uma mãe americana que usa uma máscara do personagem Chewbacca de Star Wars e cai na risada. O conteúdo teve mais de 166 milhões de visualizações.

Os temas mais comentados no ano de 2016 na rede foram: Eleição Presidencial dos EUA, Política no Brasil, Pokémon Go, Black Lives Better, Eleição Presidencial das Filipinas, Olimpíadas, Brexit, Super Bowl, David Bowie e Muhammad Ali.

 

Twitter

A rede social agora conta com a possibilidade de incluir até quatro imagens e um gif animado nos tweets, e já contabilizou mais de 100 milhões de tweets com as animações. Os vídeos são muito buscados no Twitter quando o usuário quer um conteúdo específico: representa 70% da audiência e gera 2,5 vezes mais respostas, 2,8 vezes mais retweets e 1,9 vezes mais favoritos.

Os usuários do Twitter interagem com a rede via mobile – isso representa 82% dos casos. Os temas mais citados durante 2016 foram: #Rio2016, #Elections2016, #PokémonGo, # Euro2016, #Oscars, #Brexit, #BlackLiverBetter, #Trump, #RIP e #GameOfThrones.

 

Instagram

O Stories entrou com tudo na plataforma, que já contabiliza mais de 150 milhões de usuários diariamente usando a funcionalidade. O formato de mídia que mais gera engajamento na rede é a foto, que tem 31% mais engajamento que vídeos. Além disso, posts que mencionam outros perfis geram 56% mais engajamento que os outros, e posts com localização possuem 79% mais engajamento. A inspiração que a ferramenta traz para os usuários é bem forte, e oito a cada 10 pessoas afirmam que já fizeram algo porque viram no Instagram.

 

O material completo está disponível para download gratuito por meio deste link.

Indicadores Relacionados

Comentários

PUBLICIDADE