Notícias

Onboarding de Dados: uma estratégia que pode trazer um diferencial para a sua empresa

Onboarding de Dados torna campanhas das empresas mais assertivas e personalizadas

 

Muito se fala sobre as vantagens do uso de dados em campanhas online. Em Mídia Programática esse tema é ainda mais recorrente. Afinal, a quantidade e a qualidade dos dados coletados são fatores determinantes para o sucesso da campanha.

Um dos potenciais que podem ser explorados com essa forma programática de comprar mídia é o Onboarding de Dados. Que significa a combinação de dados offline e proprietários (informações coletadas pela própria empresa sobre o seu cliente) com os do ambiente online para a criação ou ampliação de audiências, e assim otimizar sua segmentação e entrega da campanha.

De acordo com Artur Pereira, Diretor de Mídia Programática da Publya, é essencial que a empresa avalie a relevância dos seus dados proprietários. O diretor citou três questionamentos que tendo resposta positiva podem indicar que a companhia possui dados de alto valor:

 

As informações são confiáveis e assertivas?
Para isso as informações precisam ser atualizadas e preenchidas corretamente.

 

Esses dados permitem criar campanhas com grande diferencial competitivo?
O histórico de compras de um cliente possui um alto valor para segmentar uma campanha. Por outro lado, informações meramente demográficas, não necessitam de um onboarding de dados, já que podemos acessar esse tipo de segmentação por outras fontes.

 

A organização das informações me permite separar os clientes em grupos?
Por meio dos dados você deve conseguir identificar o seu cliente, desde o valor dele para a empresa até a sua disposição para realizar uma nova compra.

 

A maior vantagem em utilizar a estratégia de Onboarding de Dados é que você consegue atingir seus clientes e potenciais clientes com extrema precisão, utilizando dados exclusivos da sua empresa, que seus concorrentes desconhecem. E assim, sair a frente!

“Além disso, é importante a empresa pensar em onboarding de dados como um “ativo” que pode ser usado para se relacionar com os clientes por um longo prazo. Por exemplo, por meio do onboarding, uma rede varejista pode fazer uma campanha direcionada somente para quem possui seu “Cartão Fidelidade”, conclui Pereira.

 

Quer saber mais sobre Onboarding de Dados e ter acesso às dicas de quando e como utilizar essa estratégia, assista ao webinar com o tema neste link.

 

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: