Notícias

[CAMPUS PARTY] 5 aprendizados importantes do Hypeness e Casal Sem Vergonha para quem quer monetizar com conteúdo

Em sua palestra na Campus Party 2017, Rafael Rosa – sócio dos sites Hypeness, Casal Sem Vergonha e Nômades Digitais – conta o que aprendeu trabalhando com conteúdo e branded content

 

Por Gabriela Manzini* 

 

O executivo Rafael Rosa deu dicas para quem quer ganhar dinheiro produzindo conteúdo patrocinado

 

Na última quinta-feira, dia 02 de fevereiro, Rafael Rosa, sócio dos sites Hypeness, Casal Sem Vergonha e Nômades Digitais, palestrou na Campus Party com o tema “Muito além do banner, a monetização com conteúdo”.

Dentre os canais, o Hypeness é o que tem mais tempo de estrada e trabalha há mais de seis anos com branded content. Mas como produzir conteúdo relevante, de qualidade, que não seja “jabá” e atraia o público, tanto pelo tema abordado, quanto pensando em gerar valor para as marcas?

Mais conhecido como “Rafu”, o executivo e palestrante passou um pouco da sua experiência a frente do departamento de Novos Negócios e compartilhou alguns aprendizados válidos para quem quer ganhar dinheiro produzindo conteúdo patrocinado –  seja você uma marca, um maker ou um publisher.

 

1- Autoridade

Hoje na internet a autoridade saiu dos grandes players e foi direcionada para pequenos ou independentes produtores, dando voz a eles para produzir e se apropriar do conteúdo, especialmente com as redes sociais. “Redes sociais conseguem otimizar, dar essa visibilidade para pequenos produtores que, de uma hora para outra, podem sair o anonimato para uma grande exposição de marca”, explicou Rafael Rosa.

Segundo o executivo, o primeiro passo para ganhar autoridade no assunto é escrever algo que tenha um propósito par você.

“Essa autoridade vem quando você abraça a sua essência. É continuar produzindo esse conteúdo que você acredita com propriedade. Quanto mais produz, mais adquire propriedade em cima desse conteúdo que você produz.”

 

Frequência é outro ponto importante. O Hypeness começou produzindo pelo menos um conteúdo por dia. Hoje, eles produzem mais de 10 matérias todos os dias, menos aos finais de semana.

Construir credibilidade: conseguir que outros sites citem pautas que conseguem levar para dentro dos seus canais é outra forma de reafirmar sua credibilidade em falar sobre aquele assunto.

Ele citou mais duas questões importantes sobre autoridade em determinado tema:

Não faça propaganda, fale de temas que tenham relação com a sua essência. Citou ainda a Red Bull como uma marca inspiradora que vem fazendo isso muito bem.

Quando mais se faz, mais se aprende a fazer. “Não é de uma hora para outra que você vai explodir e ganhar relevância na internet”.

 

>> Aprendizado: para criar autoridade, é importante produzir conteúdo sobre os temas que envolvem a sua marca.

 

2 – Cases

“É importante produzir cases e que esses venham em cima de projetos que você já realizou para outras marcas.”

 

O Hypeness já fez mais de 500 campanhas nos últimos seis anos. Ele explicou que vale começar ganhando pouco ou mesmo com parcerias antes de monetizar. O importante é você mostrar para o seu “cliente” que você pode entregar valor. “Hoje, conseguimos trabalhar com marcas de grande expressão”, comemorou.

 

Rafael Rosa explicou a importância de produzir cases para gerar experiências para os próximos clientes

 

a) Case Hypeness com Heineken: Open the city 

A Heineken estava incentivando as pessoas a conhecer lugares diferentes e descobrir novas experiências.

O canal da Heineken contou com 23 posts exclusivos. Achou lugares diferentes hipster, como um açougue vegano, por exemplo, e divulgava esses lugares interessantes para que os consumidores fossem beber e ter uma nova experiência.

“Esse canal estava muito dentro da essência do site, então tivemos um engajamento muito expressivo.

 

Resultados:

– 190 mil likes no engajamento orgânico no Facebook

– Volume de impressões no mídia display ultrapassou 13 milhões de impressões

– CTR de 1,74% no background

– 140 mil visualizações nesses artigos

– 845 mil pageviews nos posts do canal

 

b) Case Casal Sem Vergonha (CSC) com a Durex 

Convidaram o CSV, entraram em concorrência e ganharam. O casal virou embaixador da marca. A ação foi feita durante o ano todo, com um canal exclusivo. O casal participou várias vezes dessa ativação e fizeram vídeos patrocinados.

Para fechar, fizeram uma pesquisa no site que teve 10 mil respostas e produziram um e-book com o tema “Do que os Homens e as Mulheres gostam no sexo”.

Resultado: mais de 70 mil downloads.

 

>> Aprendizado: produzam cases, mesmo que seja pequenos e não ganhem grana com aquilo. Mas isso tudo dá a oportunidade de gerar experiência para um próximo cliente, mostrando que ele pode confiar o dinheiro dele que você vai trazer algum resultado relevante.

 

3 – Equipe de Vendas

Rafú citou Flávio Augusto: “Quando o negócio é bom, você vai contagiar quem está do seu lado”.

Ele explicou que não adianta produzir conteúdo e esperar as coisas acontecerem, você precisa de gente dedicada ao comercial e a “vender o seu peixe”. “A Equipe de Vendas pode começar com você.”

Se tiver um time, é importante passar esse valor do seu conteúdo que você acredito para a equipe de Vendas. “Ela precisa vender os seus sonhos e entregar os valores para o cliente.”

 

Dicas:

– Tenha um Midia KIT: quem vai fazer um projeto com você, precisa desses dados do seu canal;

– Tenha uma verba destinada para esse projeto

– Faca na Caveira: dê o primeiro passo e vá atrás dos clientes. “Eles não vão vir atrás de você.

 

>> Aprendizado: levanta e vai vender seu peixe. Só com isso você terá possibilidade de ter resultados.

 

4 – Inov-Ação

“Se você não inovar, de um dia pro outro, alguém vai passar na sua frente. E aí, talvez seja tarde demais.”

Rafú explicou que todos estamos muito ocupados e não “temos tempo para mais nada”. Mas também disse que isso não é mais justificativa nos dias de hoje e que a inovação precisa ser incorporada como parte da sua rotina. “A inovação faz parte do seu dia a dia. Você precisa estar correndo atrás de estar fazendo coisas novas. (sic)”

 

Exemplos:

– Case Westworld – matéria aprofundada sobre inteligência artificial + promoção da série >> veja aqui 

– Hypeness talks: congresso de criatividade online com mais de 25 palestrantes que trabalham com criatividade e na área de branded content

* 250 mil pessoas assistiram aos talks ao vivo

* + mais de 90 mil pessoas assistiram 100% das palestras

* duração média de cada talk 30 min

* + de 5 mil comentários no site

Você via ao vivo e, depois tinha um modelo de negócio de assinatura que você podia rever.”

 

>> Aprendizado: não pare de sonhar e realizar. Se não colocar em pratica, aquilo só será um sonho.

 

5 – Resiliência

“Tudo que falei hoje sobre produção de conteúdo, produzir cases, equipe de vendas, tudo isso precisa de resiliência. A gente trabalha muito. E você precisa acreditar no que está fazendo, na sua criação de autoridade, porque vai ter muita gente falando para você que não vai dar certo. O que você pode fazer é acreditar e seguir em frente.”

 

>> Quais outros aprendizados você pode compartilhar quando o tema é monetizar conteúdo? Acrescente nos comentários!

 

*Gabriela Manzini é jornalista, trabalha com comunicação há oito anos e é especialista em Comunicação Corporativa. Atua hoje com comunicação estratégica, marketing digital e marketing de conteúdo. Em suas passagens por agências de comunicação e marketing, atendeu clientes como Microsoft, Philco, Wacom Brasil, Toshiba Brasil, Citibank, Credicard Hall, Omron, Internacional Shopping Guarulhos, e os cantores Fábio Jr. e Paula Lima. Na área corporativa, trabalhou no departamento de marketing da Shoestock e é a atual gerente de Conteúdo do Digitalks.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.