Artigos

Veja como a iluminação impacta a sua produtividade

A relação entre iluminação e produtividade é indiscutível. A luz é o fenômeno físico que permite que os olhos humanos literalmente vejam. Seja em ambientes industriais, em escritórios ou no home office, a iluminação adequada pode aumentar a produtividade, reduzir acidentes, diminuir a fadiga ocular e evitar dores de cabeça. Por outro lado, muita luz também pode causar a mesma fadiga ocular e problemas de segurança.

A iluminação adequada impacta diretamente na qualidade de vida, do trabalho e das relações humanas, por isso, nós aqui do Grupo Luminae, preparamos este conteúdo cheio de dicas para você ser mais produtivo!

 

Começando pelos fundamentos:

 

Cores de iluminação e suas características

A temperatura da luz, medida em Kelvin (K), é uma medida numérica da cor emitida quando um objeto é aquecido a uma temperatura suficientemente alta. À medida que a temperatura aumenta, o objeto muda de cor e emite certas cores dessa luz.

Por exemplo, um ferreiro esquenta uma ferradura de ferro. À medida que a temperatura aumenta, a ferradura começa a brilhar em cores diferentes do vermelho, depois laranja, depois amarelo e branco e, finalmente, emite uma cor branco azulado. As fontes de luz com temperatura de cor mais baixa são chamadas de “quentes” porque emitem cores vermelha, laranja e amarela, enquanto as fontes de luz com temperatura de cor mais alta são chamadas de “frias” porque estão na extremidade violeta e azul do espectro de cores.

 

Temperaturas das cores e referências humanas*

Kelvin

Cores

4.600K ou Mais Temperaturas de cores mais altas, como branco azulado são chamadas de cores frias ou de luz do dia.

  • Dias ensolarados 5.000K
  • Dias muito ensolarados 5.500K
3.100K a 4.600K As temperaturas de cores intermediárias, são conhecidas como brancas frias.

  • Um pôr do sol tem cerca de 4.000K
Até 3.000K Temperaturas de cores mais baixas, variam de vermelho a branco amarelado e são chamadas de cores quentes.

  • O brilho do fogo possui em média 2.000 K

* Fonte: Lighting, Well-being and Performance at Work – University of London (Reino Unido) 

 

 

 

Mas como tudo isso afeta minha produtividade?

Os mesmos pesquisadores que chegaram aos números acima, também conseguiram documentar efeitos consistentes em relação ao impacto da iluminação no desempenho visual e saúde.

A Universidade de Londres concluiu que a má iluminação pode resultar em fadiga ocular, cansaço e dor, o que, por sua vez, provavelmente levará à deterioração do desempenho, principalmente quando trabalho depende de acuidade visual, como nas funções que envolvem o uso constante de computador.

 

Iluminação e produtividade no home office

 

Qual temperatura de lâmpada devo escolher?

Na tabela anterior, mostramos que as lâmpadas ‘branco azuladas’ são capazes de emitir a mesma luz do que dias ensolarados ou muito ensolarados. Além disso, estas lâmpadas aumentam o desempenho no trabalho, apoiando a acuidade mental, vitalidade e estado de alerta, reduzindo a fadiga e a sonolência diurna.

Já as lâmpadas com os tons mais quentes tendem a criar uma sensação de conforto, por isso devem ser escolhidas para ambientes mais íntimos.

Isso tudo funciona mesmo?

 

Os impactos do ciclo circadiano

A resposta é SIM! Investir na iluminação adequada pode gerar resultados ainda melhores no seu trabalho remoto. Você não precisa desembolsar grandes quantias de dinheiro para ter os benefícios de uma boa iluminação. Lâmpadas podem ser substituídas e você pode utilizar abajures e luminárias para apoiar o seu trabalho remoto e sua produtividade.

O ciclo circadiano do corpo (o relógio interno que controla quando dormir e quando acordar) é regido pelo brilho do sol, quando há uma iluminação forte, o organismo entende que precisa estar desperto e quando a luminosidade começa a reduzir, é hora de começar a descansar.

Um dos motivos para os descompassos de produtividade é uma iluminação fraca durante o dia e muito brilhante à noite, confundindo nossos sistemas circadianos e fazendo pouco para nos manter funcionando durante todo o dia de trabalho ou para nos ajudar a dormir bem à noite.

É através do ciclo circadiano que os organismos compreendem que é hora de intensificar a produção de melatonina para dormir ou cortisol, para ficar alerta e produtivo.

Quais são as dicas para o meu home office?

Agora que já provamos o conceito de que a iluminação afeta a produtividade, veja estas dicas para deixar seu trabalho em home office ainda mais eficiente e produtivo:

Os pendentes são a melhor maneira para você trazer foco a sua mesa ou estação de trabalho.
Optar por lâmpadas focais, trarão um efeito ainda mais bonito para a decoração de um modo geral,
maximizando e focando na iluminação que você precisa.
Os spots ou trilhos de iluminação com duas, ou mais lâmpadas são práticas para espaços maiores. Com um único ponto elétrico você pode expandir a quantidade de lâmpadas e trazer foco a mais de um ponto. É uma estratégia interessante para melhorar a iluminação geral do ambiente, principalmente se você utiliza muito a webcam em seu trabalho.
As luminárias de mesa são ideais para quem escreve bastante ou faz consultas a livros, ou documentos em papel. Lembre-se de optar por modelos que não tragam reflexos ou ofusquem sua visão, pois o efeito acabará sendo o oposto ao desejado.
Os abajures e abajures pedestais contribuem bastante para a iluminação indireta. Eles podem ser colocados ao lado ou atrás de sua estação de trabalho. Escolhendo cúpulas escuras e foscas, você não terá reflexos em sua visão e diminuirá também as sombras durante seu trabalho.

 

Lâmpadas WiFi e inteligentes

Se você é um amante de novas tecnologias e está considerando melhorar a iluminação de seu home office, considere incluir uma lâmpada inteligente em seu cantinho de trabalho. Elas são compatíveis com redes WiFi, e é possível executar funções como ligar ou desligar, mudar as cores, a temperatura e até a luminosidade.

Se o local onde sua mesa de trabalho está localizada possui mais de uma função, estas lâmpadas trarão mais conforto e versatilidade ao seu espaço.

 

O que você achou destas dicas?

Em nosso site apresentamos todas as soluções em eficiência energética oferecidas pelo Grupo Luminae. Clique aqui e visite nosso site agora mesmo.

Obrigada pela leitura e até a próxima!

Paula Flórido

Diretora de Marketing do Grupo Luminae. Com mais de 25 anos de atuação nas áreas de marketing, vendas e serviços, Paula tem sólida experiência no desenvolvimento e implementação de ferramentas de marketing e criação e gestão de estratégias de marketing digital. Ao longo de sua carreira, tem liderado grandes projetos internacionais para segmentos B2B e B2C em diversos nichos de mercado (óleo e gás, supermercados, abastecimento, etc)

Comentários

PUBLICIDADE