Notícias

Setores de serviço e educação lideram em presença digital em 2022

A mudança no pensamento e no comportamento dos pequenos empreendedores também já está sendo observada: a maioria considera a presença digital como fundamental. 

 

Pesquisa realizada pela plataforma da HostGator, multinacional de hospedagem de sites e registro de domínio, procurou entender quais os setores de negócios brasileiros com maior presença digital em 2022.

Dentre mais de 12 mil respondentes, 41% foram do setor de serviços, seguido por educação (13%) e saúde (12%). A maioria das empresas participantes (70%) lucra até R$ 30 mil anuais e 36% têm o site no ar de um a três anos, o que pode mostrar o avanço de microempresas e autônomos no ambiente digital após o início da pandemia. A pesquisa também contou com a participação de outras áreas: Outros (19%), Moda (5%), Marketing e Comunicação (3%) e Alimentação (3%).

Outro destaque do levantamento foi o valor que as empresas planejam investir no pilar do online este ano – 23% afirmaram reservar entre R$ 10 mil e R$30 mil para esse propósito. Por outro lado, a maioria (63%) pretende investir menos de R$10 mil. “A presença online é importante para uma boa estratégia. Além de ajudar na visibilidade da marca, muitas compras iniciam neste ambiente, por isso uma página bem estruturada pode ser a diferença entre converter ou não uma venda”, explica Robledo Ribeiro, CEO e fundador da HostGator no Brasil. Dentre os negócios em alta, 8% daquelas no ramo da educação falam em investir entre R$ 50 mil e R$ 500 mil em 2022. Já no nicho de serviços e saúde, 7% dos respondentes de cada um desses setores pretende investir nessa mesma faixa de valor.

Para Ribeiro, os dados coletados ajudam a entender o cenário atual da estratégia online dos negócios brasileiros.

A mudança no pensamento e no comportamento dos pequenos empreendedores também já está sendo observada: 79% dos respondentes consideram o site muito importante (18%), importante (19%) ou fundamental (42%) para suas vendas. Paralelo a isso, 50% deles estão com a empresa em crescimento — 41% afirmaram ter expandido em até 30% em 2021 e 9% mais que esse marco.

Participe do principal evento de Negócios da Economia Digital e Tecnologia SAIBA MAIS | DIGITALKS EXPO

Comentários

PUBLICIDADE