Menu

Notícias

Saiba o que é preciso para fazer reuniões virtuais no fim de ano

O coronavírus está mais uma vez com um alto índice de disseminação no Brasil. Dados recentemente divulgados pelo Imperial College mostram que a transmissão está em seu maior nível desde maio e, lentamente, os hospitais voltam a ter taxas de ocupação preocupantes.

Com as festas de fim de ano se aproximando, a vontade de ver a família e os amigos cresce. Mas como fazê-lo de maneira segura, sem espalhar o vírus?

Para quem tem parentes mais idosos ou dentro do grupo de risco, encontros presenciais podem não ser uma boa ideia. Em 2020, o Natal e o Ano Novo precisarão ser comemorados por muitas pessoas através dos recursos tecnológicos.

Felizmente, a tecnologia permite que os encontros virtuais sejam cada vez mais completos. A qualidade da imagem e do áudio é capaz de atravessar o mundo e, mesmo que beijos e abraços não sejam possíveis, as conversas e os sorrisos podem estar presentes nas festas de fim de ano.

Confira a seguir o que é necessário para conseguir reunir a família no Natal e no Ano Novo.

 

4 dicas para as suas reuniões virtuais

 

1. Boa conexão com a internet

Uma conexão com a internet é fundamental para que uma reuniões virtuais aconteçam de maneira ideal. Ela permite que a imagem e o som sejam transmitidos sem travamentos e sem perda de qualidade.

Além de garantir que todos os envolvidos na reunião contratem planos satisfatórios de internet, também é necessário conferir se acessórios como modens e roteadores são de alto nível e se o sinal é bem distribuído para os lugares onde as pessoas ficarão.

 

2. Câmeras e microfones de alto nível

Em uma reunião virtual com a família, todos querem se ver e ouvir de maneira limpa e sem interferências. As câmeras e microfones originais dos celulares e computadores podem não ser suficientes para garantir a maior qualidade.

Todos os participantes poderão se ver e ouvir com melhor qualidade se investirem em bons microfones e câmeras. De acordo com especialistas em análises de produtos do ReviewBox Brasil, microfones simples, condensadores ou lapelas permitem que a voz seja perfeitamente transmitida nessas situações.

 

3. Escolha do melhor software

Entre Zoom, Hangouts, Skype e Join.me, os aplicativos de reuniões virtuais ficaram famosos e populares durante a pandemia. Para uso familiar no final do ano, o ideal é optar por um acessível, de fácil uso e disponível tanto para computador, quanto para celular.

O Skype, conhecidíssimo por seu uso em computadores, também foi listado como um dos melhores aplicativos para Android em 2020. Essa versatilidade faz dele a escolha perfeita.

 

4. Rede de ajuda

A família pode ter pessoas menos aptas para lidar com a tecnologia, especialmente se forem mais idosas. Os que entendem melhor do assunto podem enviar ajuda em questões relacionadas a equipamento ideal, conexão com a internet e software.

Dessa forma, ninguém fica de fora de uma reunião que pode ter comida, bebida, decoração, conversas e amor. Tudo isso sem espalhar o coronavírus, colaborando para reduzir o nível de ocupação dos hospitais e as taxas de transmissão.

Comentários

PUBLICIDADE