Indicadores de Mercado

Estudo mapeia investimento das PMEs em mídias digitais no Brasil e nos Estados Unidos

Pesquisa evidencia os canais digitais que receberam investimentos das pequenas e médias empresas brasileiras em 2016

 

Para aumentar a performance das campanhas online e incrementar resultados de vendas, a ReachLocal, empresa global com tecnologia exclusiva de marketing digital, divulgou a pesquisa PMEs e as Mídias Digitais em 2016, que mapeou os principais investimentos das pequenas e médias empresas brasileiras em mídias digitais no ano passado.

De sua base de mais de 6 mil clientes, a empresa selecionou 1.300 PMEs brasileiras que tiveram gastos superiores a R$ 1.000 no último trimestre do ano passado. O universo das empresas pesquisadas representa um valor estimado de investimento publicitário de 27 milhões de reais ao ano.

Entre os resultados, o buscador do Google aparece com grande destaque, concentrando 81% dos recursos de publicidade digital, seguido pelo Facebook que capta quase 10% dos valores.

Dos setores analisados: Automotivo, Educação, Saúde e Estética, Home, Service & Improvement, Imobiliário e B2B, o maior investidor foi o setor de Educação (26%), seguido por B2B (22%). O ramo imobiliário teve a menor taxa de investimento em mídias digitais: 8%.

Na análise por canal de divulgação, o segmento que mais investe no Google é o de Saúde, que destina 88% de sua verba para o buscador. O Facebook, por sua vez, fica com 16% dos investimentos do setor de educação.  O Twitter aparece no final da lista com apenas 0.36%  do total.

O relatório traz ainda um panorama sobre o investimento em marketing digital das PMEs nos Estados Unidos. Foram analisadas 10 mil PMEs com gastos superiores a US$ 1000 entre outubro, novembro e dezembro de 2016. Alguns resultados se aproximam dos brasileiros. Na análise por canal, 79% das verbas aparecem divididas entre os buscadores Google, Bing e Yahoo. Já o setor com maior índice de investimento no cenário americano é o de Home, Service & Improvement (24%).

“A pesquisa demonstra que a estratégia online que faz o uso das duas plataformas, Google e Facebook, gera mais valor agregado e mais resultados no curto prazo”, comenta Thiago dos Santos, vice-presidente global de operações e produtos da ReachLocal. “Observamos que tanto o Google Adwords quanto o Facebook possuem grande relevância na tomada de decisão. Contudo, o Facebook proporciona mais reconhecimento e engajamento quando o cliente está no início da jornada”, afirma o executivo.

Indicadores Relacionados

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.