Artigos

Inovar é preciso, mas como?

Você já deve ter escutado e lido algumas vezes que, para nos tornarmos competitivos em tempos de hiperconcorrência, é necessário ser criativo, inovador, pensar fora da caixa.

E, o grande desafio é entender como podemos ser inovadores? Qual caminho devemos traçar para começar a identificar os desejos e as necessidades dos nossos clientes antes do nosso mercado?

Sabendo disso, identifiquei quatro caminhos possíveis para alcançar a almejada diferenciação frente aos seus concorrentes (e vale para diversos segmentos e tamanhos de empresa).

 

1 – Produto

Quanto mais básico for o seu produto, como, por exemplo, uma matéria-prima, mais complexo será criar diferenciação, contudo não é impossível. Comece pensando em 3 possibilidades:

Desempenho: o segredo não é ser o melhor, mas entender em qual nível de qualidade que seu público-alvo espera que aquele produto opere. O desequilíbrio desta relação gera desapontamento ou aumento desnecessário de custo.

Conformidade: atender padrões e especificações técnicas, mesmo em produção de alta escala, pode qualificar e habilitar seu produto em concorrências nacionais e internacionais, expandindo o possível campo de atuação do produto.

Durabilidade: o conceito é claro. Manutenção pelo maior tempo possível da vida operacional do produto. Contudo, o desafio é alinhar o tempo de duração da vida útil com o ciclo de obsolescência tecnológica do produto.

 

2 – Serviço

Quando o produto não pode ser facilmente diferenciado, um caminho para a competitividade é adicionar serviços que agreguem valor à cadeia ou ao cliente final, como, por exemplo:

Treinamento para o cliente: por meio de diversos canais é possível acelerar e orientar a curva de aprendizado do cliente fazendo com que o mesmo reconheça seu valor de forma efetiva. Isso aumenta a relação de compensação e benefício frente ao esforço dedicado.

Tempo de entrega: mesmo que o produto tenha o melhor preço ou desempenho, se o prazo de entrega não atender a necessidade do cliente, esse fator pode se tornar a chave para a tomada de decisão. Afinal de contas, de que adianta conseguir comprar o melhor presente de aniversário, mas perder a data da comemoração?

 

3 – Pessoal

Credibilidade: parece desnecessário dizer que é importante cumprir aquilo que foi prometido. Mas, apesar de ser crucial para um relacionamento de confiança se estabelecer, nos dias de hoje, com tanta futilidade nos cercando, sentir que realmente existe alguém ou uma empresa comprometida com o atendimento de seus propósitos, é uma experiência única.

Capacidade de respostas: não é necessário saber tudo a qualquer momento, mas, sim, ter processos eficientes para que as respostas sejam acessíveis por todos. Desta forma, a adoção da cultura de atendimento rápido e efetivo pode fazer a diferença em uma recompra.

 

4 – Canal

A maneira como projetamos o sistema de distribuição de nossos produtos já pode nos oferecer uma vantagem competitiva se considerarmos a estratégia de toda a cadeia para que o produto alcance o ponto de compra do cliente final.

Cobertura: atender onde todos atendem é fácil, mas quanto menos óbvio for seu campo de atuação menor também será a concorrência que irá enfrentar. Logo, pense em segmentações que fujam do mundo comum para abrir os olhos para os nichos.

Especialidade: já pensou em estabelecer um foco para a sua área de atendimento e se especializar em uma região? Para atender é necessário, primeiro, entender, ou seja, pesquisar desde as condições geográficas e climáticas que a região possui, até como a população que está lá reage e interage com questões sociais, políticas e econômicas.

Escolha o seu caminho com firmeza. Uma tentação comum, agora que vislumbramos opções de vários caminhos viáveis de inovação, é perdermos o foco tentando adotar ao mesmo tempo várias estratégias de diferenciação.

Isso não significa que é para se dar por satisfeito depois de ter dado o primeiro passo. Continue em frente, pois o caminho é longo, mas compensatório. Então, estabeleça um cronograma de mudança, questionando cada um dos quatro caminhos abordados.

é graduado em Administração pela Universidade Mackenzie; pós-graduado em Economia, pela Université Grenoble e pós-graduando em Marketing Management, pelo Insper. Atua como Especialista de Marketing de Produto na Locaweb e é um entusiasta do desenvolvimento por meio das ciências sociais.

Comentários

PUBLICIDADE

RECEBA NOVIDADES

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Oferecimento:

Projeto mantido por:

Media Partners:

Projeto hospedado por: