Artigos

Consumer Electronics Show: o que a maior feira de tecnologia do mundo trouxe de novidade para o mercado digital

Confira os principais insights do Consumer Electronics Show, evento de escala global, que é direcionado para os líderes de negócios

Você já ouviu falar do CES (Consumer Electronics Show)? Nós explicamos, nós estivemos lá!

O CES trata-se de uma conferência de gigante proporção onde as inovações são apresentadas ao mercado.  São mais de 300 sessões de palestras e mais de 170.000 participantes de 150 países. Um evento de escala global direcionado para os líderes de negócios que trabalham e desenvolvem as tecnologias para o consumidor final em diversas indústrias. Da automotiva à saúde, da robótica aos esportes, da automação residencial ao entretenimento e ao marketing digital.  

 

E o que foi visto lá que nos entusiasmou a dividir aqui com vocês?

Vamos começar por uma paixão nacional: carros. E o desenvolvimento da gestão automotiva.

Você já deve, por certo, ter ouvido falar sobre o desenvolvimento do carro autônomo. Há, neste momento, dezenas de indústrias apostando forte nesta frente. Empresas como: Wayme (Google), Tesla, Ford, GM, Volvo, BMW, Bosch, etc.

Porém, o interessante aqui são os avanços práticos já obtidos, no que se refere às ferramentas e à automação. Vários são os elementos “avulsos”  já disponíveis para o motorista hoje. São os aplicativos de direção defensiva e de gestão automotiva.

E a expectativa desta “corrida” é que, em breve, todas as tecnologias estarão agrupadas concretizando o anseio do carro 100% autônomo.

Por enquanto, os carros de hoje já conseguem estar conectados a data centers com sensores integrados e computadores que capturam informações em tempo real sobre o veículo, seus ocupantes e a estrada pela qual estão passando.

A computação cognitiva aliada aos carros conectados é capaz de aperfeiçoar a experiência do motorista e dos passageiros no carro, além de permitir que os condutores melhorem em tempo real seu desempenho. E o que vem por ai é que estes veículos conectados podem detectar padrões de comportamento do motorista como distração, frenagem brusca e acelerações que indicam perigo potencial. Essa informação pode ajudar os veículos a manter os ocupantes mais seguros.

O número de ocupantes, tom de suas vozes, linguagem corporal, expressões faciais, a escolha e volume da música. Uma nova safra de big data passará a estar disponível para processar, apurar e transformar nossas ações de marketing e a gestão pública.

Desse fato, deriva a possibilidade de empresas de seguros poderem formular ofertas baseadas no perfil do motorista e empresas da área da saúde serem capazes de fazer o monitoramento da saúde do condutor como, por exemplo, medir os sinais vitais e detectar a necessidade de um serviço de emergência. É interessante pensar que, até mesmo o Estado, pode acompanhar a condição do veículo e proporcionar mais segurança ao usuário e à comunidade em geral em função do desenvolvimento dessa tecnologia.

Voltando ao foco, das novidades apresentadas no CES destacamos também a realidade aumentada – que chega com um processamento em tempo real mais poderoso.

A multinacional americana de tecnologia, Vuzix, que esteve presente no CES 2018, apresentou um novo produto com o qual é possível navegar pela interface dos seus óculos, deslizando e tocando em um touchpad ao longo das hastes. A aparência da imagem é ousada e nítida e o sistema ainda é compatível com a Alexa, assistente de voz inteligente da Amazon.

A Vuzix prevê um futuro em que um usuário pode caminhar pela rua vestindo seus óculos, olhar para um cartaz de um show e pedir à Alexa para comprar o ingresso.

Por fim, a Intel anunciou no evento um chip com 14 bits de processamento, mas ainda pretende ir mais além. A empresa quer fabricar um chip de 49 bits e escancarar as possibilidades do processamento.O intuito é que essa tecnologia seja capaz de auxiliar pesquisadores a avaliarem e aprimorarem as técnicas de correções de erros e simulações de problemas apresentados pelos supercomputadores.

André Rubens Andrade

é Marketing - Co Owner na WebEleven.

Comentários

PUBLICIDADE