Artigos

A importância da tecnologia na educação em 2021

Como a tecnologia impacta na educação?

 

No início do ano passado, Big Data, Inteligência Artificial (IA) e a Internet das Coisas (IoT), entre outras, foram as maiores tendências de tecnologia educacional de 2020. Porém tudo mudou com o início da pandemia. 

O ensino a distância se tornou rapidamente a principal tendência a ser colocada em prática, mudando drasticamente a maneira como ensinamos e aprendemos – não importa se é uma escola, universidade ou educação corporativa. 

E a tecnologia, mais uma vez, foi a estrela, facilitando que alunos se acostumassem com plataformas digitais e o distanciamento social. Embora algumas escolas estejam reabrindo, tudo indica que o modelo não será abandonado em 2021. 

A pesquisa Outlook 2021, divulgada pela HolonIQ – empresa internacional especializada em inteligência de mercado educacional – analisou o potencial das tecnologias avançadas no setor educacional. E as previsões serão revolucionadas com um forte foco na conectividade, versatilidade e aprendizagem centrada no aluno. 

Segundo o levantamento, essas tecnologias avançadas (chamadas ‘Advanced Techs’ em inglês) crescerão 5 vezes até 2025, movimentando mais de US $ 20 bilhões durante o período. 

Pensando bem, o investimento ainda é bem pequeno, já que a educação é considerada um dos maiores setores do mundo, alcançando gastos de US $7,3 trilhões por ano até 2025 (a fonte é a mesma pesquisa da HolonIQ, a Outlook 2021).

Muito ainda precisa ser feito, principalmente se tratando de um novo e revolucionário ensino a distância focado nos estudantes, que ainda sentem muita falta justamente da conectividade e versatilidade faladas acima. 

Como então os investimentos em tecnologia podem ajudar? Bom, sem medo de parecer clichê, eles são a resposta para o futuro da educação!

A Inteligência Artificial será uma aliada fundamental, já que continua a se inserir mais profundamente nos processos de aprendizagem. Ela é capaz de automatizar atividades básicas na educação, como dar notas.

Além disso, alunos e educadores podem se beneficiar com a IA. Por exemplo, os alunos podem obter ajuda de tutores de IA a qualquer hora, inclusive fora do horário de aula. Inclusive algumas instituições já usam esses sistemas para monitorar o progresso dos alunos e alertar os professores quando pode haver um problema com o desempenho. 

Já a Distributed Ledger Technology (DLT) da Blockchain traz muitos benefícios, especialmente no armazenamento de dados. Cada vez que novas informações são inseridas, é adicionado um novo “bloco” ao sistema, que é tecnicamente ilimitado. Simultaneamente, os dados são criptografados e distribuídos em vários computadores do sistema, tornando as transações de dados descentralizadas e transparentes.

Outras tecnologias fundamentais no futuro da educação são as Realidades Aumentada e Virtual (RA e RV). Há uma projeção que sua utilização chegue a US $12,6 bilhões em 2025. 

A expectativa é que tanto a RA quanto a RV se tornem cada vez mais integradas aos processos de ensino e aprendizagem. E, embora o treinamento virtual e simulado já esteja se tornando comum no ensino corporativo, também observo o início do um uso em ambientes de educação formal.

Infelizmente a educação ainda está pouco digitalizada, sendo responsável por menos de 4% dos gastos globais em tecnologia. A economia do conhecimento e as habilidades futuras exigem uma transformação digital massiva e, embora acelerada por meio do COVID-19, ainda há muito a ser feito.

Qual será a sua participação na educação do amanhã?

Diretor-geral da Telefônica Educação Digital – Brasil e especialista em Gestão de Conhecimento e Tecnologias Educacionais.

Comentários

PUBLICIDADE