Artigos

5 lições que as pequenas empresas podem aprender com as grandes redes para o fim de ano

Imagem: fundo vermelho com presentes e etiqueta escrito black friday.

Além de conquistar sua reputação como um dos principais períodos de compras do ano, a Black Friday e o Natal também se tornaram os períodos mais estressantes para os varejistas, grandes e pequenos.

À medida que nos preparamos para as festas deste ano, listamos algumas práticas que os pequenos empresários podem adotar, para preparar suas lojas e para aproveitar ao máximo as vendas de novembro e dezembro.

 

Dica 1: Comece cedo

Comece a preparação para a data com algumas semanas de antecedência. Antecipe demandas e armazene seus produtos de maior saída para garantir que você tenha o suficiente em seu estoque ou nas suas prateleiras. Se você possui um produto ou serviço exclusivo, execute suas campanhas de publicidade e crie engajamento com a sua marca.

Você também pode contratar funcionários temporários para a temporada de festas, se necessário. Por ser proativo e estar adiantado, você pode se manter calmo e confiante, mesmo quando as coisas ficam agitadas ou dão errado.

 

Dica 2: Mantenha seu inventário organizado

Todos já viram os vídeos de compradores correndo para dentro das lojas em busca do principal item em suas listas de desejos. É uma loucura. O mesmo acontece no ambiente digital. Mesmo que não espere grande volume de compras, você pode tornar a experiência um pouco menos caótica para seus clientes e funcionários organizando suas prateleiras, seu site e inventário.

Agrupe itens em abas separados por setores ou modelos com base em suas categorias. Isso economizará tempo de seus clientes e manterá a experiência de atendimento o mais agradável possível.

 

Dica 3: Faça check-outs mais rápidos e flexíveis

Este ano, utilize a tecnologia à seu favor. Isso significa plataformas automatizadas e mais funcionários para gerenciar a multidão de usuários. Nas lojas, desenvolver um ponto de venda móvel é uma solução econômica para gerenciar filas durante as partes mais movimentadas do dia. Também permite oferecer vários meios de pagamento tanto online quanto em sua loja física. Check-out mais rápido significa clientes satisfeitos. E clientes satisfeitos são clientes que retornam.

 

Dica 4: Tenha estoque à disposição

Enquanto grandes varejistas usam a escassez como uma técnica de marketing, a última coisa que você deseja em uma Black Friday ou Véspera de Natal é ficar sem seus produtos líderes de vendas. Mantenha-se bem abastecido e verifique com antecedência para atender à demanda dos compradores. Analise os relatórios de anos anteriores para ajudar a decidir a quantidade certa de estoque e quais produtos estocar.

 

Dica 5: Aprimore seu site e suas redes sociais

Enquanto as vendas físicas estão caindo constantemente a cada ano, as vendas online estão aumentando. Ofereça descontos significativos em seu catálogo online, cupons de desconto e vale-presentes, frete grátis ou outros benefícios para seus seguidores. Transforme-os em clientes fiéis. Lembre-se de que haverá tráfego online intenso neste dia. Então lembre-se de fazer “teste de estresse” no seu site para garantir que ele possa lidar com o aumento do tráfego. Além disso, verifique se seu site está otimizado para dispositivos móveis e conectado aos seus perfis em redes sociais, a fim de proporcionar uma excelente experiência aos seus clientes.

Fabiana Lansner

Diretora de Desenvolvimento de Negócios da Zoho para o Brasil.

Comentários

PUBLICIDADE